15 artistas LGBT nacionais sinônimos de inspiração
Inspiração

15 artistas LGBT nacionais sinônimos de inspiração

Segundo dados do Grupo Gay da Bahia (GGP), a associação mais antiga de defesa dos direitos humanos de homossexuais brasileiros, desde o início de 2018 até a segunda semana de abril, cerca de 126 mortes violentas de LGBTs foram contabilizadas no país. Ou seja: a cada 19 horas, um LGBT é assassinado ou se suicida no Brasil.

Apesar de tudo, a população LGBT resiste. E, para exaltar essas pessoas, escolhemos 15 artistas nacionais que dão coragem de ser quem se é.

Rico Dalasam

Representante do “queer rap” - subgênero musical que conta apenas com artistas LGBT -, o paulista é compositor de músicas de resistência como “Aceite-C”.

Pabllo Vittar

Sucesso estrondoso, já se tornou comum ouvir faixas da nossa querida drag queen, que se tornaram referência de amor próprio.

Ana Carolina

A voz marcante e um dos sorrisos mais cativantes da MPB são apenas traços da musicista que sempre apoiou e falou em favor das causas LGBT.

Ellen Oléria

Cantora, compositora, atriz e musicista, Ellen esbanja simpatia, talento, beleza e muita, muita potência vocal.

Gloria Groove

Rapper, dubladora, compositora, cantora, atriz, drag queen e autora de um dos funks mais tops do ano, “Bumbum de Ouro”, Gloria Groove é dona de lugar de destaque no mundo artístico.

Liniker

Criadora de espaços de diálogo, debate e amor, Liniker conquistou públicos diversos com o hit “Zero” e, claro, com todo o seu carisma.

Linn da Quebrada

Ativista, funkeira e quebradora de padrões, Linn estimula a transformação por meio de suas rimas poderosas e sons potentes.

Johnny Hooker

Dono de uma presença de palco de fazer cair o queixo, o cantor pernambucano luta e resiste na música e em tudo o que produz.

Jaloo

Paraense, inovador e impossível de rotular, o músico cria universos sonoros e visuais ultrainspiradores.

Assucena Assucena e Raquel Virgínia (As Bahias e a Cozinha Mineira)

Espetaculares e donas de vozes apaixonantes, as vocalistas do grupo paulista são um presente para a música do Brasil.

Preta Gil

Adorada pelo público LGBT, a cantora bissexual é inspiração em diversas frentes como a do amor pelo próprio corpo e a autoaceitação, além de ser conhecida pela performances cheias de energia.

Candy Mel

Ex-vocalista da Banda Uó e apresentadora do programa “Estação Plural”, da TV Brasil, Mel nunca abaixa a cabeça e segue reivindicando seus espaços de direito.

Daniela Mercury

Musa do axé, Daniela é defensora ferrenha do direito de amar e uma das mais conhecidas representantes dos LGBT na música brasileira.

Lulu Santos

Figura consolidada na história da música brasileira, há muito tempo ele vem nos ensinando a validade de "toda forma de amor".

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest