22 de dezembro de 1980, o Brasil se despede de Almirante, compositor de 'Mamãe Eu Quero'
Especial

22 de dezembro de 1980, o Brasil se despede de Almirante, compositor de 'Mamãe Eu Quero'

Quando morreu de aneurisma cerebral no dia 22 de dezembro de 1980, aos 72 anos, Henrique Foréis Domingues já tinha mudado de carreira por pelo menos quatro vezes na vida, sendo que em três delas ajudou a moldar a história da música brasileira. A primeira mudança lhe tirou do emprego que lhe daria o codinome de Almirante: quando deixou a reserva da Marinha para dedicar-se ao samba, o militar abandona a farda depois de, em 1928, conhecer um conjunto musical formado por Braguinha, Alvinho e Henrique Brito, todos pioneiros do samba no Rio de Janeiro.

O encontro com o grupo empolgou a todos, que o chamaram para participar da roda como pandeirista, batizando o grupo de Flor do Tempo. Este grupo logo aceitaria um novato para entrar na roda e, com a chegada do caçula, um jovem promissor chamado Noel Rosa, o grupo mudou de nome para Bando de Tangarás. Foi o grupo que apresentou Noel para o Brasil e transformou-o no maior ícone do samba de seu tempo.

Almirante aos poucos foi circulando entre os artistas e fazendo parcerias e participações especiais: compôs com João de Barro (codinome de Braguinha), Noel, Capiba, Lamartine Babo, Ary Barroso e Donga, além de contracenar com Carmen Miranda em dois filmes e dublar personagens da Disney em três longas: "Branca de Neve", "Pinóquio" e "Dumbo".

É co-autor de clássicos da música brasileira como "O Orvalho Vem Caindo", "Yes, Nós Temos Bananas" e "Mamãe Eu Quero". Ao mesmo tempo em que consolidava sua fama como compositor e ator, também ganhava nome no rádio, apresentando e tocando novos nomes do samba com o slogan de "a maior patente do rádio". É sua segunda mudança de carreira, que o torna célebre entre os ouvintes do meio de comunicação mais popular da época.

A terceira acontece devido a um derrame que o deixa com problemas na fala, fazendo-o abandonar o rádio para se dedicar à pesquisa e à escrita de livros sobre música brasileira. Torna-se colunista do jornal "O Dia", em 1963 lança a primeira biografia de Noel Rosa e, como pesquisador, passa a consolidar o conceito de "música popular brasileira" como uma área de pesquisa. Ainda em vida doou todo seu acervo para o Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro — e quando morreu naquele 22 de dezembro tinha sua importância reconhecida e sua vida celebrada como um dos grandes artífices da música do país.

22/12/1973: Elton top

Elton John chega ao topo das paradas britânica e norte-americana com seu disco "Goodbye Yellow Brick Road".

22/12/1978: Reserva de luxo

O baterista dos Faces, Kenney Jones, é anunciado como o substituto de Keith Moon, no grupo The Who, dois meses após a overdose fatal deste último.

22/12/1980: O pensamento vivo

A gravadora punk inglesa Stiff Records lança um disco chamado "The Wit and Wisdom of Ronald Reagan" ("A Sagacidade e a Sabedoria de Ronald Reagan"), em referência ao então presidente norte-americano. O disco era composto por 40 minutos de silêncio.

22/12/1984: Madonna no topo

Madonna chega ao topo das paradas de sucesso nos EUA com seu disco "Like a Virgin", produzido pelo guitarrista do Chic, Nile Rodgers.

22/12/1985: Punk calado

O guitarrista D-Boon, do grupo punk norte-americano Minutemen, morre em um acidente de carro, com apenas 27 anos.

22/12/1987: 'Eu não morri'

Nikki Sixx, do Mötley Crue é declarado "morto ao chegar" pois seu coração parou de bater por dois minutos na ambulância que o levou para o hospital depois de uma overdose. Ele ressuscitou com duas injeções de adrenalina no peito depois de os integrantes de sua banda terem sido avisados de sua morte.

22/12/2000: Mais uma vez no altar

Madonna casa-se com o diretor Guy Ritchie, na Escócia, com nomes como Stella McCartney, Bryan Adams, Sting, Donatella Versace, Jon Bon Jovi e Jean Paul Gaultier entre os convidados. Os dois se separaram em 2008.

22/12/2002: A voz do Clash

Líder e vocalista do Clash, Joe Strummer sofre um ataque cardíaco fatal e morre com apenas 50 anos de idade.

22/12/2010: Monumento no chão

A faixa de pedestres em frente ao estúdio Abbey Road, no norte de Londres, tornada famosa na capa do clássico disco homônimo dos Beatles, torna-se oficialmente um ponto turístico da cidade.

22/12/2012: Soul sister number 1

Morre a vocalista Marva Whitney, conhecida por seu trabalho com James Brown e chamada de "Soul Sister Number 1".

22/12/2014: Aquela voz rouca

Morre o cantor Joe Cocker, vítima de câncer no pulmão, aos 70 anos de idade.

22/12/2016: Dona da porra toda

A emissora britânica BBC publica uma lista que compila todas as listas de melhores do ano e consagra o disco "Lemonade", da cantora norte-americana Beyoncé, como o principal lançamento do ano, deixando até o último disco de David Bowie, que morreu três dias após ser lançado, em segundo lugar.

Parabéns

Entre os aniversariantes deste 23 de dezembro estão nomes como Barry Jenkins, baterista dos Animals (nascido em 1944), Rick Nielsen do Cheap Trick (nascido em 1948), os gêmeos Robin e Maurice Gibb, dos Bee Gees (nascidos em 1949; Maurice morreu em 2003 e Robin em 2012), Danny Saber do Black Grape (nascido em 1966), Richey Edwards, vocalista desaparecido dos Manic Street Preachers (nascido em 1968) e a cantora norte-americana Meghan Trainor (nascida em 1993).

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest