O sonho não acabou: uma playlist com Paul, John, George e Ringo em carreiras solo
Entretenimento

O sonho não acabou: uma playlist com Paul, John, George e Ringo em carreiras solo

A década posterior ao fim dos Beatles foi bastante produtiva. Paul McCartney, 77, John Lennon (1940 - 1980), George Harrison (1943 - 2001) e Ringo Starr, 79, se encontraram em outros projetos e momentos (como já contamos no Reverb) desde a notícia da separação oficial da banda, divulgada em 9 de abril de 1970. Ainda no mesmo ano do anúncio, os quatro ex-integrantes lançaram trabalhos fora do grupo: Ringo em março, Paul em abril, George em novembro, John (e Yoko Ono, 87) em dezembro. Para alimentar a nostalgia dos 50 anos do fim, o quarteto de Liverpool é tema da Playlist Rádio Ibiza da semana.

Ao contrário do que alguns ainda insistem em pensar ao atribuir a culpa da separação dos Beatles ao relacionamento de John Lennon e da artista plástica, cantora e poetisa Yoko Ono, os Beatles se separaram por questões financeiras, divergências artísticas e outros desgastes acumulados com o decorrer dos anos.

Paul McCartney, Ringo Starr, John Lennon e George Harrison em 1967, três anos antes do fim oficial dos Beatles / Foto: Getty Images
Paul McCartney, Ringo Starr, John Lennon e George Harrison em 1967, três anos antes do fim oficial dos Beatles / Foto: Getty Images

CONHEÇA ALGUMAS FAIXAS DA PLAYLIST '50 ANOS DO FIM DOS BEATLES':

‘I Me Mine’, dos Beatles
‘God’, de John Lennon
‘Junk’, de Paul McCartney
‘My Sweet Lord’, de George Harrison
‘Bye Bye Blackbird’, de Ringo Starr
‘Imagine’, de John Lennon
'Uncle Albert / Admiral Halsey - Medley’, de Paul McCartney e Linda McCartney
‘Give Me Love (Give Me Peace On Earth)’, de George Harrison
‘Photograph’, de Ringo Starr
‘Jealous Guy’, de John Lennon, The Plastic Ono Band e The Flux Fiddlers

OUÇA A PLAYLIST NO SPOTIFY:

E também no "Deezer".

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest