A exemplo de ‘El Mal Querer’, de Rosalía, conheça outros álbuns inspirados em livros
Entretenimento

A exemplo de ‘El Mal Querer’, de Rosalía, conheça outros álbuns inspirados em livros

Uma das mais aclamadas novidades da música internacional, a cantora Rosalía foi buscar na literatura a inspiração para o seu segundo álbum de estúdio, "El Mal Querer", lançado em 2018. A catalã, de apenas 25 anos, tem conquistado público e crítica unindo música urbana, como pop e R&B, à música cigana — que dita a batida do disco. E o livro "Flamenca", um clássico do século XIV de autoria desconhecida, selou de vez a influência da cultura espanhola tradicional no trabalho da artista.

"El mal querer" surgiu como um projeto universitário em meio a pesquisas sobre o universo flamenco. As letras do álbum fazem paralelo com a obra literária, e Rosalía usou a estrutura dos capítulos de "Flamenca" no subtítulo das canções. O livro conta a história de uma mulher aprisionada em uma torre pelo marido ciumento, num enredo que envolve tradição, subversão e protagonismo feminino.

As duas obras, literária e musical, seguem unidas pelo fio de crítica às relações abusivas e comportamentos tóxicos, passando pela amargura até chegar à libertação do eu-lírico.

Assim como a jovem cantora, outros artistas também encontraram nos livros inspiração para seus trabalhos na música:

'Animals', do Pink Floyd (1977)

O décimo álbum da banda foi inspirado em uma das obras mais famosas de George Orwell, "A Revolução dos Bichos". No livro, Orwell faz uma sátira à União soviética Comunista, liderada por Stalin. As analogias para cada animal do disco diferem das analogias feitas no livro, mas ainda assim cada um deles representa um elemento presente na sociedade.

'Led Zeppelin IV', do Led Zeppelin (1971)

O quarto álbum da banda inclui músicas inspiradas pelo universo de "O Senhor dos Anéis", de J. R. R. Tolkien. A temática pacifista e ambientalista da obra inglesa caiu no gosto de quem participava do movimento hippie, nos anos 1960. Como o Led Zeppelin estava inserido dentro desse aspecto de contracultura, a banda acabou sendo influenciada pelos livros.

'Diamond Dogs', de David Bowie (1974)

Nesta obra, o camaleão Bowie deixa clara sua paixão e admiração pelo trabalho de George Orwell ao usar como base o clássico "1984", publicado em 1949. O livro trata de um futuro distópico em que reinam a manipulação e a vigilância governamental. O termo "Big Brother", e o conceito por trás dele, criado por Orwell, é título de uma das faixas.

'The Idiot', de Iggy Pop (1977)

O álbum de estreia da carreira solo do cantor dos Stooges foi inspirado no livro "O Idiota", do escritor russo Fiódor Dostoiévski e contou com produção de David Bowie. "O Idiota" é considerado o romance mais autobiográfico de Dostoiévski, devido a características similares entre escritor e personagem principal, como o fato de ambos serem epiléticos e terem dificuldades sociais.

'Sudamérica Suda', do Sexual Democracia (1993)

Gabriel García Marquez, Prêmio Nobel da Literatura em 1982, também forneceu material para a banda chilena Sexual Democracia produzir seu álbum conceitual. "Cem Anos de Solidão" é um dos mais traduzidos de Gabo e foi publicado pela primeira vez em 1967. Já o álbum é de 1993.

'Brave New World', do Iron Maiden (2000)

A música que dá título ao 12º álbum da banda foi inspirada no livro de mesmo nome de Aldous Huxley, traduzido aqui no Brasil como "Admirável Mundo Novo". O romance inglês antecipa avanços tecnológicos e discute o comportamento humano perante esse desenvolvimento.

'Geidi Primes', da Grimes (2010)

O primeiro disco da canadense Claire Boucher (a.k.a Grimes) é inspirado no universo literário de "Duna" (1965), do escritor norte-americano Frank Herbert (e que vai ganhar uma nova adaptação cinematográfica). Tanto o título do álbum quanto a primeira música dele fazem referência a planetas fictícios retratados no livro. Além disso, Grimes é ex-estudante de literatura russa e neurociência, com declarado gosto por literatura fantástica e ficção científica.

'The Raven', de Lou Reed (2003)

O ex-Velvet Underground compôs um álbum com versos de contos e poemas de Edgar Allan Poe. "The Raven" ("O Corvo") teve origem no espetáculo teatral "POEtry", de 2001). Para imergir no processo de adaptação da obra romântica e macabra de Poe, Reed criou todo um ambiente intenso e lúdico perceptível também no contexto do álbum.

'Aurora Consurgens', do Angra (2006)

"Aurora Consurgens" ("Aurora Que Surge", traduzido do Latim) é um manuscrito iluminado do século XV, rodeado de mistérios, já que até o inicio do século XX era extremamente raro e não se sabe exatamente de quem é a autoria, normalmente atribuída a São Tomás de Aquino. Também faz parte de um gênero que não existe mais, conhecido como Tratado Alquímico. O livro foi o mote para a banda brasileira falar em seu álbum sobre sentimentos que fazem parte da natureza humana, como amor, ódio e alegria.

'The Mission', do Royal Hunt (2001)

O sexto álbum da banda é todo inspirado em "As Crônicas Marcianas", de Ray Bradbury. Cada uma das 13 faixas faz referência a um dos contos do livro. A obra literária reúne uma série de textos publicados originalmente em pulp fictions e depois reunidos em um único volume. Ray Bradbury está entre os principais autores de ficção científica e deixou obras marcantes como "Fahrenheit 51".

'Todo Futuro é Fabuloso', do Bazar Pamplona (2012)

A banda indie brasileira viu na epígrafe do livro "Jangada de Pedra", de José Saramago, um estímulo a mais para seu segundo trabalho de estúdio. O romance do escritor português, já traduzido para mais de vinte idiomas e adaptado para o cinema em 2002, conta a história ficcional de separação da Península Ibérica do restante do continente europeu, enquanto o autor tece comentários sobre a vida e críticas a autoridades políticas.

'Nightfall in the Middle Earth', do Blind Guardian (1998)

Mais um álbum inspirado na obra de J.R. R. Tolkien, mais especificamente em "O Silmarillion". O sexto trabalho de estúdio da banda alemã tem as terras médias de Tolkien como base, no qual cada faixa trata exclusivamente de um trecho do livro.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest