A volta de Whitney Houston: musical, gravações inéditas e turnê com holograma vão 'reviver' cantora
Entretenimento

A volta de Whitney Houston: musical, gravações inéditas e turnê com holograma vão 'reviver' cantora

0Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do Pinterest

Publicidade

Whitney Houston nos deixou em 11 de fevereiro de 2012. Desde então, pouco material pós-morte sobre a cantora, além do documentário “Whitney: Can I Be Me”, foi produzido. Mas isso está prestes a mudar. Com sua propriedade intelectual aberta para negociações, um jornal americano divulgou que será feito uma turnê com holograma da cantora, além de um álbum com gravações inéditas e um espetáculo musical em sua homenagem. 

LEIA MAIS: 6 motivos que fizeram de Whitney Houston uma inspiração para os LGBT

VEJA TAMBÉM: Lady Gaga, Beyoncé, Whitney Houston e mais cantoras que interpretaram estrelas da música no cinema

As informações são do “The New York Times”. A responsável por assinar os novos projetos associados a Whitney foi Pat Houston, cunhada da artista e única detentora de sua propriedade intelectual. Os beneficiários de suas obras deixadas em vida são Cissy Houston, mãe de Whitney, e seus dois irmãos, Gary e Michael. 

Fãs de Whitney podem anotar na agenda: nos próximos anos haverá muitas produções com o nome da cantora/Getty Images
Fãs de Whitney podem anotar na agenda: nos próximos anos haverá muitas produções com o nome da cantora/Getty Images

 Os novos projetos preveem uma turnê com holograma da cantora, um musical da Broadway, ainda incerto, acordos de marca e um disco com faixas nunca lançadas de seu álbum de estreia, “Whitney Houston” (1985). Segundo Pat, esse foi o tempo certo de divulgar os planos associados à artista. “Os últimos anos foram muito emotivos, mas agora queremos ser estratégicos”, disse ela ao “NYT”. 

A cunhada de Whitney assinou um contrato com a Primary Wave Music Publishing, marca de música e marketing de luxo em Nova York, para reconstruir os negócios da cantora. No acordo, avaliado em 14 milhões, segundo fontes, a empresa será dona de 50% dos ativos da propriedade intelectual da artista. Entre eles, estão inclusos os royalties da cantora, merchandising e o direito de explorar seu nome e sua imagem. 

“Whitney era a namorada da América, e a ideia agora é lembrar às pessoas que esse é o legado dela”, declarou Larry Mestel, fundador da Primary Wave.

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest