Adam Duritz, vocalista do Counting Crows, corta seus dreads falsos e brinca com 'rebeldia' punk
Entretenimento

Adam Duritz, vocalista do Counting Crows, corta seus dreads falsos e brinca com 'rebeldia' punk

Quem nunca fez mudanças drásticas no visual após romper um relacionamento, entrar e sair da adolescência ou imigrar para um país? Adam Duritz, do grupo americano Counting Crows, conhecido no Brasil por um hit onipresente nos anos 1990, "Mr. Jones", está anunciando uma nova fase, e o fim de outra, ao cortar seus famosos dreads falsos. Agora, o cantor de 55 anos está totalmente careca.

Ele anunciou a transformação de uma maneira razoavelmente low profile, em seu Instagram. Adam publicou um carrossel de fotos em que aparece no festival Outside Lands, em São Francisco, nos EUA, e em Londres, para onde voou depois do evento. A última foto desse compilado é justamente aquela em que ele aparece careca após muitos e muitos anos usando extensões caricatas na cabeça. O comentário de Adam debocha do próprio ato de "rebeldia" citando uma canção dos Sex Pistols: "Oh, yeah, voei pra Londres e raspei a cabeça. Anarquia no Reino Unido mesmo, motherfuckers!".

Abaixo, veja o antes e depois do membro do Counting Crows:

O antes e depois de Adam Duritz, do Counting Crows/Reprodução
O antes e depois de Adam Duritz, do Counting Crows/Reprodução

Por conta da mudança drástica, jornalistas e fãs especularam que isso poderia representar o fim da banda, criada em 1991 na Califórnia. Outro fator também pode explicar essa suposição: um discurso de adeus considerado meio estranho durante o show no Outside Lands. Segundo o site da revista americana "Spin", Adam agradeceu à plateia do festival e disse: "É bom voltar para casa. Sempre quisemos tocar aqui. Mas não sei mais quando vamos nos ver novamente, ou se sequer vamos ter outra chance de nos vermos. Obrigada por todos esses anos."

As dreads acompanhavam Adam desde que ficou famoso, no comecinho da década de 1990. Sem ser "darling" da crítica e distante dos padrões de beleza masculina, o cantor acabou ficando conhecido por namorar e ter envolvimentos com várias atrizes americanas famosas: Mary-Louise Parker, Courteney Cox, Jennifer Aniston, Winona Ryder e Emmy Rossum, entre outras. "Nos tabloides, sempre apareço na base do 'como esse m... desse gordo pega todas essas mulheres?'", já brincou, em entrevista, Adam. Mas nos últimos cinco anos, para além dos tamanhos ridículos, as dreads do cantor, de ascendência judaica russa, começaram a ser vistas como "problemáticas" por parte da mídia. Um texto de especial repercussão o incluiu, "Uma história infeliz dos homens brancos com dreadlocks". Recentemente, foi publicado também que até o empresário de Adam estaria tentando convencê-lo a raspar a cabeça.

Tags relacionadas:
EntretenimentoRock

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest