Aos 72 anos, mãe que aprendeu a gostar de rock pesado com o filho portador de deficiência curte o Rock in Rio
Rock in Rio 2019

Aos 72 anos, mãe que aprendeu a gostar de rock pesado com o filho portador de deficiência curte o Rock in Rio

Em meio aos altos decibéis das bandas que se apresentavam e as hordas de rapazes de camisa preta, a funcionária pública Gasparina Perpétua se divertia no Dia do Metal (sexta-feira, 4 de outubro) do Rock in Rio. Dizendo-se apreciadora de Scorpions, Stratovarius, Guns N Roses e, claro, Iron Maiden, a favorita do filho, a fã alagoana está acostumada a viajar para ver shows e festivais de rock. Já tinha inclusive assistido ao Slayer, a banda mais extrema da programação da noite, e ao Metallica, em São Paulo.

"Quando o meu filho passou a portar deficiência, eu comprava e botava os CDs pra ele ouvir. Com o tempo, passei a acompanhá-lo nos shows em Maceió e no Recife... Fui acostumando, né? Fui gostando e me apaixonei", explica Gasparina, fã de Scorpions, Stratovarius e várias bandas de metal e hard rock. "Eu hoje sou mais roqueira do que meu filho, que adora Iron Maiden. Fui eu quem insistiu para vir", completa.

Gasparina Perpétuo veio de Maceió para curtir Iron Maiden, Slayer e Scorpions/ Bárbara Martins
Gasparina Perpétuo veio de Maceió para curtir Iron Maiden, Slayer e Scorpions/ Bárbara Martins

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest