As 14 músicas de filmes da Disney que levaram o Oscar
Entretenimento

As 14 músicas de filmes da Disney que levaram o Oscar

No mundo mágico de Mickey Mouse, há uma lista de melodias que marcaram a história do cinema. Ano sim, ano também, somos brindados com indicações ao Oscar de músicas da Disney e o sucesso delas começou muito antes de “Frozen” deixar “Let It Go” grudada na nossa cabeça há quatro anos. Listamos as 14 músicas do estúdio que levaram o Oscar para casa. Subam no tapete mágico e aproveitem o passeio.

‘Pinóquio’: ‘When You Wish Upon a Star’ (1940)

Escrita em 1940 para "Pinóquio", "When You Wish Upon a Star" ainda é um dos melhores exemplos musicais da mágica que existe no mundo de sonhos de Walt Disney. Em 2009, ela foi escolhida para integrar o Registro Nacional de Gravações da Biblioteca do Congresso Nacional americano. É dela o trecho de melodia que acompanha a logo da Disney na abertura de todos os filmes produzidos pelo conglomerado.

‘A Canção do Sul’: ‘Zip-a-Dee-Doo-Dah’ (1946)

"Zip-a-Dee-Doo-Dah" venceu em 1946 e integra a trilha de "Canção do sul", filme banido pela Disney 40 anos depois, na década de 1980, por seu conteúdo racista. A música é uma das poucas - senão a única - memória do filme que se mantém veicularizada em ações de marketing da empresa. Ela é, por exemplo, parte da trilha sonora da atração Splash Mountain, no Magic Kingdom, em Orlando, há anos.

‘Mary Poppins’: ‘Chim Chim Cher-ee’(1964)

Em 1964, quem levou a estatueta foi "Chim Chim Cher-ee”, música de “Mary Poppins”, interpretada por Dick Van Dyke e Julie Andrews. A canção foi escrita pelos Sherman Brothers, compositores de outras grandes produções como “Mogli - O menino lobo”. Intérprete de Mary Poppins, Julie Andrews escolheu “Chim chim” como uma de suas músicas favoritas no universo Disney

‘A Pequena Sereia’: ‘Under The Sea’ (1989)

Um caranguejo com sotaque tenta convencer uma sereia a viver no oceano, onde a vida, para ele, é muito mais alegre. “Under The Sea”, de “A Pequena Sereia”, é o abre-alas da trilha que marcou o recomeço da Disney. Foi a produção de 1989 que abriu os caminhos para que a companhia voltasse a ser reconhecida por suas animações e o primeiro filme da empresa cuja trilha foi composta por Alan Menken.

‘A Bela e a Fera’: ‘Beauty and the Beast’ (1991)

Muito antes de marcar a história dos temas de cinema com “My Heart Will Go On”, Céline Dion alavancou a promissora carreira que construía com uma das músicas mais românticas já lançadas pela Disney. Composta por Howard Ashman e Alan Menken, “Beauty and The Beast” foi originalmente gravada na voz de Angela Lansbury, a intérprete de Madame Samovar, e lançada comercialmente por Dion e Peabo Bryson.

‘Aladdin’: ‘A Whole New World’ (1992)

Depois de fazer todo mundo chorar em “A Bela e a Fera”, Peabo Bryson retornou para terminar de deixar em pedacinhos os corações sonhadores dos fãs de contos de fadas. Ao lado dele em “A Whole New World”, outra voz arrasadora: a da cantora Regina Belle. Outra música da trilha de “Aladdin”, "A Friend Like Me", também concorreu ao careca dourado naquele ano.

‘O Rei Leão’: ‘Can You Feel The Love Tonight’ (1994)

Se engana quem pensa que a melhor música de “O Rei Leão” é “Circle of Life” ou “Hakuna Matata”. Menos lembrada entre as três, “Can You Feel The Love Tonight”, o dueto que marca o momento do reencontro entre Simba e Nala, foi a grande vencedora do Oscar de Melhor Canção Original em 1994, com uma interpretação inspirada de Sir Elton John.

‘Pocahontas’: ‘Colors Of The Wind’ (1995)

"Colors of the Wind" concorreu por “Pocahontas”, filme que conta a história do encontro entre a jovem de uma tribo indígena, e John Smith, um desbravador inglês. A parceria entre Alan Menken e Stephen Schwartz também levou um Globo de Ouro e o Grammy de Melhor Canção escrita para um filme e retrata a tentativa de Pocahontas de mostrar a Smith como a natureza é uma entidade que deve ser respeitada.

‘Tarzan’: ‘You'll Be In My Heart’ (1999)

Uma melodia de amor e devoção de mãe para filho. Ou melhor, de mãe gorila, para filho humano. "You'll Be in My Heart" foi responsável por boa parte da emoção que o espectador sente ao assistir "Tarzan". No filme, a mãe adotiva do menino canta para fazê-lo parar de chorar. Quem assina a composição e interpretação é Phil Collins, que pode se orgulhar de ter dado à Disney um de seus singles de maior sucesso.

‘Monstros S.A.’: ‘If I Didn't Have You’ (2001)*

Mike e Sully são uma dupla e tanto. O monstrinho verde competitivo e o gigante sensível formam uma parceria de arrasar na hora de arrancar gritos - e risos - de crianças. A música tema de “Monstros S.A” fala exatamente sobre a relação afetiva entre os dois personagens: “Eu nada seria se não tivesse você”, diz a letra escrita por Randy Newman.

*Originalmente, “Monstros S.A.” é um filme Pixar. Entretanto, a empresa foi comprada pela Disney em 2006. Optamos por considerar o filme como parte do catálogo da companhia.

‘Toy Story 3’: ‘We Belong Together ’(2010)

Quase dez anos após vencer por “Monstros S.A.”, Randy Newman voltou ao palco do Dolby Theatre para coroar sua participação no fenômeno da Pixar, “Toy Story”. Indicado duas vezes pelos filmes anteriores, Newman venceu com a música tema da terceira parte da saga de Woody e Buzz Lightyear. Nessas vezes, o músico perdeu justamente para “Colors of the Wind” e “You’ll Be in My Heart”.

‘Os Muppets’: ‘Man Or Muppet’ (2011)

Ser ou não ser um muppet, eis a questão. Vencedora do Oscar em 2012, "Man or Muppet" foi a terceira música de um filme dos Muppets a concorrer na categoria. "The Rainbow Connection", de 1979, e "The First Time It Happens", de 1981, haviam sido indicadas anteriormente. A performance fica a encargo dos personagens Gary (Jason Segel) e Walter (Peter Linz).

‘Frozen’: ‘Let It Go’ (2013)

As marcas do inverno congelante de Elsa ainda estão muito vivas para qualquer um de nós. Parece que foi ontem que a música tema da rainha de gelo dominou paradas de sucesso, rádios e comerciais de televisão. “Livre estou, livre estou”. Fenômeno absoluto, a composição de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez, gravada para o filme por Idina Menzel, ainda ganhou uma versão com Demi Lovato.

‘Viva, A Vida É Uma Festa’: ‘Remember Me’ (2017)

Da terra dos mortos, com cores e alegria. O mais recente nome da lista, “Remember Me”, bateu a concorrência para vencer o Oscar de 2018. A faixa deu à dupla Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez o segundo prêmio consecutivo por produções da Disney e tem a participação do cantor americano Miguel e de Natalia Lafourcade, um dos maiores nomes do México no cenário musical.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest