Atitude 67 lança inédita ‘Sonho’ e reflete sobre o que fazer em tempos sem ‘boteco e cerveja de garrafa’
Entretenimento

Atitude 67 lança inédita ‘Sonho’ e reflete sobre o que fazer em tempos sem ‘boteco e cerveja de garrafa’

Entre rodadas de bozó, truco, ping-pong e videogame, os seis integrantes do Atitude 67 vão levando a quarentena. Pedrinho Pimenta, Éric Polizér, Karan Cavallero, GP, Leandro Osmar, e Regê moram juntos desde 2016 e atualmente dividem uma casa em São Paulo. No meio do período de isolamento, o grupo sul-matogrossense dos hits “Cerveja de Garrafa” e "Saideira" lançam juntos aquele que consideram o maior projeto da carreira, o álbum “Label 67”, um compilado de trabalhos anteriores do grupo sul-matogrossense, como o “Lual 67” e o “Art In Nudes”, e outras faixas inéditas, como a balada “Sonho”.

“Esse DVD é, na verdade, um grande resumo do que aconteceu nas nossas vidas até agora”, conta Leandro, em entrevista ao Reverb. “É a realização de tudo que a gente sonhou e pensou. Cada um de nós tem um jeito, a gente flutua em muitos ritmos, escrevemos coisas muito diferentes. Tem parte do projeto é que mais rap, outras que são mais melódicas, e assim vai.”

Uma das surpresas de “Label” é a participação de Maurício Manieri na faixa “Outra Vez”. A aproximação foi feita com o intermédio do produtor Du Borges e a aceitação do convite foi uma realização de um sonho para o grupo. “Ele sempre foi uma inspiração musical e como pessoa para a gente. Quando a rapaziada escreveu essa música, como ela é muito romântica e a própria produção ficou mais no piano, a gente só pensou no Professor Manieri”, brinca Regê. “Um pianista de primeira qualidade e com uma voz incrível”, completa.

O primeiro encontro do grupo com Manieri para ensaiar foi quase um momento em família. O cantor paulistano, que estourou no fim dos anos 1990 com músicas como "Minha Menina" e "Bem Querer", levou a mulher e o filho, fã do Atitude 67, para o estúdio. “O Du Borges sentou ao piano e deu os primeiros acordes. Era possível ver o brilho nos olhos de cada um de nós. O Maurício só agradecia por estar com a gente passando uma mensagem tão legal”, lembra Leandro.

Mauricio Manieri ao piano e Karan Cavallero na gravação do DVD 'Label 67' / Foto: Divulgação
Mauricio Manieri ao piano e Karan Cavallero na gravação do DVD 'Label 67' / Foto: Divulgação

Thiaguinho e Gabriel O Pensador também estão no disco, que mistura rap, com pagode, com soul, com pop. A fluidez por tantos gêneros já fez o grupo ser alvo de críticas, mas eles não ligam. “Muita gente pergunta: ‘O que eles são? Porque não são pagode, não são samba, não são rap…’ A gente é música. A gente é arte. Ainda tem pessoas que não consomem arte da forma que ela tem que ser consumida e colocam os artistas em prateleiras achando que a gente tem que ficar ali”, argumenta.

O maior sucesso do grupo até hoje é “Cerveja de Garrafa”, de 2017. O hit que fala sobre uma mulher que ‘gosta de boteco e de cerveja de garrafa’ estourou no país inteiro. Em tempos de isolamento, a prática não pode ser adotada como todos gostariam, mas Regê encontra uma solução. “Quem tem a oportunidade de ter a família por perto e viver um pouco mais esse amor tem que aproveitar isso. É o que a gente faz aqui. Somos os seis juntos e a gente consome o amor que temos um pelo outro junto com a arte de fazer música. A gente está há tanto tempo pedindo tempo e agora que temos tempo a gente quer voltar para a loucura de antes? Temos que tentar evoluir.”

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest