Aulas de música podem ajudar a desenvolver a linguagem em crianças
Tecnologia

Aulas de música podem ajudar a desenvolver a linguagem em crianças

Um novo estudo sugere que aulas de piano podem ajudar crianças na idade de educação infantil a distinguir tonalidades sonoras. De acordo com a pesquisa, conduzida pelo Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT), esse tipo de incentivo mental colabora na habilidade da criança de compreender melhor palavras ditas a ela.

O estudo foi realizado em Pequim e concluiu que colocar crianças em aulas de musicalização é, no mínimo, tão benéfico na melhoria da comunicação do que colocá-las para ter aulas extras de leitura, por exemplo.

A pesquisa no entanto não determinou se o treinamento musical ajudaria as crianças a melhorarem suas capacidades cognitivas gerais, o que levaria a uma melhor proficiência linguística, ou se o efeito da música atua de forma mais específica no processamento da linguagem.

“As crianças não apresentaram alterações nas medidas cognitivas mais amplas, mas mostraram melhorias na discriminação de palavras, particularmente para consoantes. O grupo das aulas de piano foi o que apresentou melhor desempenho nesse senteido”, afirmou o Dr. Robert Desimone, um dos autores do estudo.

No total, 74 crianças participaram da pesquisa, divididas em três grupos. O primeiro deles recebeu aulas de piano durante 45 minutos por três vezes na semana. O segundo recebeu aulas de leitura extra pelo mesmo período. Já um terceiro grupo não sofreu interferências em nenhum sentido.

Após seis meses, cientistas testaram a habilidade de discriminar palavras das crianças, baseados na tonalidade e na diferenciação de vogais e consoantes. A melhor discriminação de palavras geralmente corresponde a uma melhor consciência fonológica - a consciência da estrutura sonora das palavras, que é um componente-chave da aprendizagem da leitura.

Aquelas que tiveram aulas de piano apresentaram vantagem significativa sobre as crianças que tiveram aulas extras de leitura principalmente no reconhecimento de palavras diferenciadas por apenas uma consoante. Entretanto, como era de se esperar, quem esteve em qualquer um desses dois grupos se saiu melhor no reconhecimento de palavras diferenciadas por uma vogal do que as crianças que não participaram de nenhuma aula.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest