Autor best-seller e roteirista indicado ao Oscar, Nick Hornby compartilha seu top 5 com o Reverb
Especial

Autor best-seller e roteirista indicado ao Oscar, Nick Hornby compartilha seu top 5 com o Reverb

0Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do Pinterest

Publicidade

Ok, não dá para dizer que Nick Hornby inventou o top 5, mas o escritor e roteirista inglês certamente foi o grande responsável por espalhar a febre de listas — dessas que tomam a internet, e inclusive o Reverb ;) — com o lançamento de "Alta Fidelidade" na década de 1990. Protagonista do romance, Rob Fleming (ou Rob Gordon, na versão cinematográfica estrelada por John Cusack) era dono de uma loja de vinis e tinha como passatempo elencar tudo (ou quase tudo) em listas e mais listas. 

Aficcionado por música — Hornby era crítico musical na prestigiosa revista "New Yorker" e também se arrisca nas composições, tendo gravado um disco com Ben Folds — e entusiasta de mixtapes, Hornby aceitou de bom grado o desafio do Reverb e elencou suas cinco faixas preferidas do momento. Mas do momento mesmo. A lista, feita com base no que o escritor ouviu na última semana, varia e muito.

'Dusty in Here', The Go-Betweens

Hornby foi até o indie australiano da década de 1970 para abrir a sua seleção. "Acabei de ler o adorável livro de memórias de Robert Forster, "Grant & I", e eu havia me esquecido de quantas ótimas canções Forster e Grand McLellan, líderes do Go-Betweens, escreveram", diz ele, sobre a faixa lançada em 1983.

'Lighthouse Blues', Gerald Wilson

"Tenho ouvido muito big-band jazz, normalmente das últimas três ou quatro décadas. Essa é dos anos 1980, quando Wilson já estava com quase 70 anos. O arranjo é maravilhoso, e os solos, especialmente o de trompete, emocionante".

'Miles Away', Phil Cook

"O disco dele saiu esse ano, mas soa como uma gravação da cena de Laurel Canyon nos anos 1970. Músicas fantásticas, com excelentes backing vocals. Essa é a minha música preferida", diz Hornby, sobre a faixa que ainda conta com a voz de Amelia Meath, dos grupos Sylvan Esso e Mountain Man.

'Twentieth Call Of The Day', Ryan Adams

"Eu convenci Ryan Adams a compor uma canção para o filme de 'Juliet, Nua e Crua'", conta Hornby, sobre mais uma adaptação cinematográfica de seus romances, que acaba de estrear nos EUA e chega ao Brasil em 4 de outubro. "Ele me mandou essa faixa. Fui a primeira pessoa a ouvi-la. Foi um momento muito bacana, e a música é linda". Dirigido por Jesse Peretz, o longa conta com Rose Byrne e Ethan Hawke no elenco.

'Without Love', Aretha Franklin

"Às vezes é preciso que um grande artista morra para você voltar a ouvir algumas das músicas que amou a vida inteira", analisa o escritor sobre Aretha Franklin, morta no mês passado. "Essa música é da década de 1970, quando os discos eram um pouco mais mal acabados que as primeiras gravações da Atlantic Records. Mas esta é uma joia, uma música brilhante, cantada de forma brilhante, enquadrada de forma brilhante".

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest