‘BBB 20’: do pop ao samba, 18 músicas que resumem a temporada
Entretenimento

‘BBB 20’: do pop ao samba, 18 músicas que resumem a temporada

A notícia de que o “Big Brother Brasil 20” teria famosos misturados a anônimos deixou o povo desconfiado. Do lado dos influenciadores, nomes como Manu Gavassi, Rafa Kalimann, Babu Santana, Bianca Andrade, a Boca Rosa, e Mari Gonzalez. Entres os desconhecidos, duas médicas, Thelma Assis e Marcela McGowan, vários homens com comportamento machista e alguns rostos novos.

Os três meses de “BBB” foram intensos e repletos de viradas de narrativas — e o Reverb tenta aqui resumir o que aconteceu de mais importante na temporada. Do pop ao samba, os melhores momentos do “BBB 20”... Em música.

Os brothers e sisters do 'BBB 20' / Foto: Divulgação / TV Globo
Os brothers e sisters do 'BBB 20' / Foto: Divulgação / TV Globo

‘What A Wonderful World’, Louis Armstrong

O começo: Pipoca x Camarota
Os pássaros cantavam, a grama sintética reluzia em seu verde artificial e os 18 primeiros participantes do “BIG 20” entraram na casa divididos em dois grupos. De um lado, aqueles que foram convidados pela produção do programa. Do outro, os anônimos inscritos e selecionados entre milhares e milhares de pessoas. Parecia um mundo lindo e cheio de novidades.

‘We Are Family’, Sister Sledge

A queda do muro
Depois de muito ouvir os participantes clamando, o Big Boss ouviu e o muro do BBB finalmente caiu no segundo dia do programa. A euforia imediata fez os brothers e sisters dos dois lados correrem para se abraçar, o que rendeu uma queda memorável de Gizelly Furacão, advogada que estava do lado dos anônimos. Ela escorregou e foi amparada pelos colegas. Estava dada a largada para o jogo de verdade, mas, antes das confusões, aquele famoso brinde em que todo mundo ainda é amigo de todo mundo. Alegria, euforia e empolgação, todos juntos e unidos. Pelo menos até a hora do brinde.

‘Combatchy’, Anitta, Lexa, MC Rebecca e Luísa Sonza

Petrix, o primeiro líder e a prova ‘Bate e Volta’
A hora do combate chegou! O jogo começou para valer quando Petrix se tornou o primeiro líder do “BBB”. O ginasta tinha um plano em mente que ninguém entendeu muito bem, mas ele indicou Bianca Andrade, a Boca Rosa, ao paredão no dia 26/01. Neste mesmo paredão, Pyong Lee e Lucas Chumbo concorreram à primeira prova Bate e Volta, em que indicados ao paredão, sem ser o indicado do líder, disputam uma vaga para se safar da berlinda. Naquele dia, a melhor foi para Pyong, em uma prova de sorte. Chumbo acabaria como o primeiro eliminado da temporada.

‘Like A Girl’, Lizzo

A ascensão de Marcela contra Hadbala e os machistas
Marcela ganhou a simpatia do público ao expor para as outras mulheres da casa o que soube sobre o plano dos homens e ao confrontar as atitudes machistas dentro da casa. “Se você luta como uma garota, se você chora como uma garota. Faça tudo do seu jeito e vá conquistar o mundo. Se você sente como uma garota, então você é real como uma garota. Faça do seu jeito e conquiste o mundo”, canta Lizzo em “Like A Girl”.

O comportamento de Hadson já tinha chamado a atenção da médica, mas tudo piorou depois que o ex-jogador contou para a paulistana e para Gizelly sobre uma conversa tida com Lucas, Petrix, Prior e Guilherme, na jacuzzi. O grupo confabulou sobre usar Lucas para "desestabilizar" as participantes comprometidas do lado de fora e, assim, deixá-las malvistas com o público. Lideradas por Rafa, Mari, Manu, Marcela, Gizelly, Thelma, Flay, Gabi e Bianca se uniram para confrontar Hadson, que, a princípio, negou.

Mulheres do 'BBB' se unem para falar com Hadson sobre machismo / Foto: Divulgação / TV Globo
Mulheres do 'BBB' se unem para falar com Hadson sobre machismo / Foto: Divulgação / TV Globo

Hadson foi para o paredão, mas não saiu. A eliminação de Petrix chocou a casa, que o via com bons olhos, sem saber das conversas do brother com os outros homens e, principalmente, com Lucas ("É o único jeito da gente ganhar isso aqui. Queimando elas."). A entrada de Ivy e Daniel, os participantes da Casa de Vidro, ajudou a explicar a situação.

A história toda fez de Marcela como forte concorrente à final do programa — narrativa destruída pela entrada de Daniel na casa.

‘Price Tag, Jessie J’

Lucas: tantas estalecas para quê?
Lucas Gallina
achou que ser rico de estalecas, a moeda do “BBB”, valia alguma coisa. E, para a surpresa só dele mesmo, não valia nada. Com uma fortuna acumulada no jogo, o catarinense optou por não colaborar para as compras coletivas e provocou a antipatia de parte da casa (como Thelma, que lhe deu um esculacho) e do público, que o eliminou tão logo pode. Fica aí o recado de Jessie J, querido Lucas: “não tem a ver com dinheiro”.

‘Escolha Errada’, Belo

Casa de Vidro: Ivy e Daniel
Antes de ser escolhidos pelo público para entrar na casa, Ivy e Daniel receberam informações do lado de fora da casa. “Expostos” em um shopping na Zona Oeste do Rio de Janeiro, eles souberam da popularidade de Marcela do lado de fora e das armações da ala masculina do grupo. Logo após a eliminação de Petrix, quando a casa ainda não entendia o porquê da permanência de Hadson, a dupla foi recebida na casa e contou o que sabia para as mulheres. Com o tempo, o público demonstrou ter se arrependido de haver escolhido Daniel entre os homens. Apesar de ter atitudes claras no contexto do racismo estrutural, Ivy ainda foi mais bem recebida pelo público e permaneceu na casa até as últimas semanas.

‘One Love’, Bob Marley

A Comunidade Hippie
O grupo hegemônico do programa recebeu o apelido de “Comunidade Hippie”. Era formado originalmente por Marcela, Gabi, Thelma, Gizelly, Manu, Rafa e Pyong. Ivy e Daniel foram incorporados pelo grupo quando chegaram, mas, pouco tempo depois, foram também responsáveis pela divisão do bloco. Principalmente, quando Daniel decidiu indicar Thelma à prova do Monstro da semana (leia abaixo). Porém, o grupo aproveitou breves momentos de paz e amor entre si.

‘Girassol’, Priscilla Alcântara

Rafa justa, mas nem tão paciente como foi Jesus
Rafa chegou à final do programa sendo chamada de “pastora” ou “missionária” nas redes sociais. Apegada a sua fé, a influencer foi responsável pelos momentos mais espirituais do programa, conduzindo rodas de louvor além de orar com outros participantes em diversas situações, como antes de Felipe, Gizelly e Manu entrarem no Quarto Branco. O brothers também ficaram surpresos com o dom de Rafa de prever situações através de seus sonhos. Antes da prova do líder que coroou Flay e deu um carro para a cantora, Rafa havia sonhado com uma tarefa que envolvia carro e que teria Flay e Babu como finalistas — o que aconteceu.

O senso de justiça e sensatez da modelo chamaram atenção, mesmo que às vezes ela tenha se mostrado pouco paciente, como na briga com Bianca Andrade, logo na primeira festa, e na cena do desabafo com Flayslane, que virou meme na internet. “Não gosto de você, não sinto verdade em você, acho você, sim, incoerente. Você está onde te convém, em todos os seus jeitos, falas, andados, posicionamentos e etc. Acho você uma falsa, acho você extremamente sem educação, extremamente grossa com as pessoas, extremamente soberba”, disse Rafa, para delírio da internet. Justa sim, mas não tão paciente como foi Jesus.

‘Ain’t Your Mama’, Jennifer Lopez

Marcela e Daniel
Muita gente acha que Daniel entrou na casa focado em formar um casal com Marcela. Ainda na Casa de Vidro, o ator de 22 anos soube da popularidade de Marcela e, tão logo chegou à residência oficial do BBB, se aproximou da médica, até então forte concorrente ao prêmio. Só que a aproximação de Marcela com Daniel acabou sendo a derrocada da paulistana. As atitudes irresponsáveis, imaturas, mimadas e egoístas de Daniel irritaram o público e a condescendência da sister em passar a mão na cabeça para os erros dele tiraram de ambos qualquer chance ao prêmio. Pelas atitudes do brother, muita gente disse que Marcela entrou ginecologista na casa, mas saiu com outra especialização: pediatria. Faltou um olhar atento para falar para Daniel: “quando você vai tomar jeito? Eu não sou sua mãe!”, como na música de Jennifer Lopez.

‘Mandamentos Black’, Gerson King Combo

As aulas de Babu
A presença de Babu no “BBB 20” foi um privilégio. Dotado de uma inteligência singular, o ator deu verdadeiras aulas sobre história do Brasil e racismo. Isso sem falar das vezes em que Babu apontou atitudes segregadoras por parte dos colegas da casa. Em uma das conversas, na cozinha VIP da casa, chegou a ser aplaudido pelas mulheres que o ouviam. “Babu, tem alguma história específica o pente no cabelo?”, perguntou Rafa sobre o acessório sempre preso ao cabelo do ator. “Antigamente você não podia ter cabelo grande que era ligado à sujeira, a alguma coisa feia ou subversiva. Quando você pega o pente e abre o black, o black é a coroa, e o pente é a libertação”, respondeu Babu. E vamos de “Mandamentos Black”, do grande Gerson King Combo!

‘Estranho amor’, Caetano Veloso

O trisal de Victor Hugo
Victor Hugo se apaixonou por Guilherme, que se apaixonou por Gabi, que correspondeu ao menos por um tempo. Acontece que, para Victor Hugo, a relação não era apenas entre Gui e Gabi, mas sim um trisal formado pelos três. Em diversos momentos do programa, “Não importa com quem você se deite, que você se deleite seja com quem for. Apenas te peço que aceite o meu estranho amor”, cantaria Caetano Veloso para a trilha sonora de VH.

‘Feeling Good’, Nina Simone

A eliminação de Guilherme e uma nova Gabi
Guilherme
e Gabi viveram um relacionamento bastante tóxico na casa. O relacionamento problemático com o modelo, fez a cantora sertaneja ficar extremamente vulnerável e a afastou do jogo. Com a eliminação do brother, o mundo se abriu e uma nova Gabriela surgiu: mais alegre, divertida e entrosada no jogo. Um novo amanhecer, um novo dia e uma nova vida no BBB.

‘Crazy Train’, Ozzy Osbourne

O Quarto Branco
Ao ganhar a prova do anjo daquela semana, no começo de março, Ivy deu a Felipe Prior o castigo do anjo, neste caso, o Quarto Branco. Com direito a levar outras duas pessoas consigo, o arquiteto escolheu Manu Gavassi e Gizelly Bicalho. Os três ficariam o fim de semana inteiro no quarto, até domingo a noite, se ninguém apertasse o botão. Assim, estariam todos automaticamente no paredão. Isso só não aconteceria caso alguém apertasse o botão vermelho antes da data limite. Aí, que tomasse à frente, se colocaria no paredão. Depois de uma longa reflexão em conjunto, Manu decidiu apertar o botão e os três saíram do castigo, que, vamos combinar, nem foi tão ruim assim, mas ver o teto descendo e se imaginar saindo do programa deve ser mesmo uma aventura tensa, como o “trem maluco” de Ozzy Osbourne.

‘You’re So Vain’, Carly Simon

Pyong pede para ser indicado ‘Me coloca no paredão se você tiver coragem’
Prior chamava Pyong Lee de “o conta dedo”. Articulador nato, o hipnólogo foi o grande estrategista da edição, liderando a Comunidade Hippie na hora dos votos. Mas Pyong esqueceu de calcular os níveis de vaidade. “Você começa a querer ser o dono da razão e isso se torna soberba”, tentou alertar Babu, sempre sábio, em dado momento. “Pode ser, mas a gente vai seguir isso”, respondeu, do alto da falta de autocrítica. Tanta falta de humildade, o fez instigar Prior a indicá-lo ao paredão. Indicado foi, eliminado também. Toca a Carly Simon pra ele!

‘Hot N’ Cold’, Katy Perry

Manu x Prior: o paredão do século
Manu Gavassi entrou no programa para viver um “retiro espiritual”. A personagem tentou se manter, mas caiu definitivamente quando a cantora foi para o temido Quarto Branco, escolhida por Felipe Prior, ao lado de Gizelly. Desde o começo da edição, a polarização entre homens e mulheres (com a exceção de Pyong, Victor Hugo e Babu) afastou os dois e rendeu bons VTs, como quando Manu, em uma votação aberta, escolheu Prior como alvo e justificou o voto como um ato em prol da sororidade. Sem conhecer o termo, Prior questionou o que aquilo significava e recebeu uma resposta curta e grossa: “Você descobre lá fora”.

Gizelly, Manu e Felipe Prior / Foto: Divulgação / TV Globo
Gizelly, Manu e Felipe Prior / Foto: Divulgação / TV Globo

O dia passado no Quarto Branco pareceu selar uma amizade entre os dois, que saíram do confinamento do confinamento um pouco mais próximos. Mas o “joga y joga” insistiu na carapuça do jogador e dificultou que qualquer pessoa na casa, além de Babu e Flay, gostassem dele. Tinha dias bons em que era uma pessoa minimamente agradável e outros, em que se mostrava um ignorante. Dizia que gostava da “Manuzinha” e depois era grosseiro como poucas pessoas no jogo.

As mudanças de humor de Prior só nos dão a chance de chamar Katy Perry para cantar “Hot N’ Cold” para ele, que saiu do programa eliminado em um paredão polarizado pelos dois e que acumulou mais de um bilhão de votos do público. “Você fica quente, depois esfria. Você é sim, depois não. Você está dentro, depois fora. Você está por cima e depois por baixo.”

‘Vou Festejar’, Beth Carvalho

O monstro de Thelma
A Comunidade Hippie se quebrou de vez quando Ivy e, principalmente, Daniel optaram por dar o castigo do monstro para Thelminha. A médica anestesista ficou muito frustrada com a escolha e chegou a chorar de tristeza. “Eu não teria dado para ele, nem para nenhum de vocês. É muito ruim quando não é recíproco”, disse ela a Pyong.

Thelminha samba e é aplaudida pelas amigas durante sua festa no 'BBB' / Foto: Divulgação / TV Globo
Thelminha samba e é aplaudida pelas amigas durante sua festa no 'BBB' / Foto: Divulgação / TV Globo

Thelma não esperava ser escolhida por Daniel, alguém por quem ela nutria carinho. “Foi um balde de água fria para mim. Eu nunca tive nenhum problema, nunca fiz nada para ele”, lamentou. Mas a roda da vida gira e gira muito bonito: Thelminha realizou seu sonho de chegar na final e ainda ao lado de duas grandes amigas, que a acolheram quando seu núcleo original a colocou para escanteio.

‘AmarElo’, Emicida

A eliminação de Babu
O último paredão do “Big Brother Brasil 20” colocou na berlinda Babu, Rafa e Thelma. No sábado, dia 25 de abril, com 57,15% e depois de 10 paredões, o querido ator deixou o programa com o coração grato e mais de seis milhões de seguidores no Instagram. É um sujeito de sorte com sonhos mais altos que drones, como diria Emicida. Depois de sua participação, certamente não vai sofrer mais como no ano passado, como diria Belchior. Vai voar mais alto do que nunca.

‘Don’t Start Now’, Dua Lipa

O pódio: Manu, Thelma e Rafa
Pode tocar “Don’t Start Now” para o trio do pódio. A música de Dua Lipa (que fez uma participação especial no programa) se tornou um fenômeno no programa graças à coreografia de Manu Gavassi para a faixa, mas a escolha para o trio não é só por Manoela. Depois de tantos percalços, quedas, choros, “andados”, desconfianças, nada pode parar o trio. Todos os conflitos individuais e coletivos de todas elas passaram e olha aonde elas chegaram. “Eu estou muito bem agora, tão em outra que chega a ser assustador. Eu não estou mais onde você me deixou mesmo”, diz a letra. Arrasaram.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest