Big Hit, produtora do BTS, expande negócios nos EUA e avança na globalização do k-pop
Entretenimento

Big Hit, produtora do BTS, expande negócios nos EUA e avança na globalização do k-pop

A Coreia do Sul ficou pequena para a Big Hit Entertainment. A empresa que coordena as carreiras de BTS, Tomorrow X Together e GFriend, entre outros, anunciou uma grande expansão para o exterior, com o alvo principal sendo os Estados Unidos. Lenzo Yoon, que foi promovido a CEO global, fala como o novo braço chamado Big Hit America vai funcionar, agilizando decisões de negócios e fornecendo estrutura para competir com as empresas americanas.

A Big Hit Entertainment teve em 2019 sua maior receita desde que fundada, em 2005, batendo o recorde de US$ 500 milhões. Mesmo em tempos de pandemia, seus artistas não param de trabalhar, lançando novos conteúdos para os fãs enquanto a empresa se estrutura para conquistar mais espaço no mercado internacional. As mudanças na diretoria, que levaram Lenzo Yoon a tornar-se CEO global, apontam claramente para uma perspectiva mais ampla e instalação definitiva nos Estados Unidos.

O CEO da Big Hit Entertainment Lenzo Yoon  com os integrantes do BTS no Grammy 2019, em Los Angeles. Foto: Getty Images
O CEO da Big Hit Entertainment Lenzo Yoon com os integrantes do BTS no Grammy 2019, em Los Angeles. Foto: Getty Images

O executivo deixa claro que a estratégia de globalização da Big Hit Entertainment chegou a um ponto em que precisa se afastar da Coréia e se concentrar no mercado externo. "Além da inovação e expansão dos negócios centradas no mercado coreano, procuramos maximizar a sinergia dos negócios entre Coréia, Japão e EUA, com a recém-fundada Big Hit America", diz Lenzo em entrevista à "Billboard".

As novas atribuições de Lenzo incluem a busca de novos negócios, colaboradores significativos e investimentos agressivos. "A Big Hit definitivamente está crescendo nos EUA, mas é difícil operar cada setor de negócios de maneira independente, como na Coréia. Ao estabelecer a Big Hit America, agilizamos as decisões dos negócios e fornecemos uma estrutura que pode competir com as empresas locais de entretenimento", explica ele, dizendo que a ideia é convergir com outros setores, como o de TI. Ainda assim, Lenzo faz questão de ressaltar que é a música que vem em primeiro lugar na Big Hit, com os negócios e os serviços se desenrolando como suportes.

A empresa tem várias áreas de atuação. Opera com gravadoras (que inclui a própria Big Hit, a gravadora Source Music e o recém-criado Belift Lab) e um setor de negócios (com a Big Hit Three Sixty para distribuição e concertos de mídia, Big Hit IP para atendimento ao cliente e beNX para inovação digital). A Big Hit America e a recém-estabelecida Big Hit America Solutions funcionarão dentro da mesma estratégia.

Os novo planos de conquista mundial não vão alterar uma das essências da produtora, garante Lenzo. "Eu gostaria de abordar algo importante que permanecerá inalterado: qualquer novo serviço que a Big Hit apresentar terá origem na nossa filosofia comercial de 'Qual conteúdo os fãs mais apreciarão' ? e 'Como devemos entregá-los para aumentar o prazer dos fãs?'", diz ele, lembrando que um dos focos da empresa é fazer com que a tecnologia seja reconfortante, de acordo com o slogan "Music & Artist for Healing". "Estou preocupado atualmente com o que devemos preservar diante das mudanças em termos de tempo, ambiente e tecnologia. Muitos apontaram o WeVerse e o Bang Bang Con como uma nova cultura de performance ao vivo, com capacidade de reunir fãs de todo o mundo. Nós continuaremos a fazer o nosso melhor no desenvolvimento do conteúdo e serviço de entrega mais otimizados", diz.

A girls band GFriend é uma das contratadas da Big Hit. Foto: Getty Images
A girls band GFriend é uma das contratadas da Big Hit. Foto: Getty Images

Com um novo projeto que ainda está mantendo em segredo, mas que prometeu revelar nas próximas semanas, Lenzo lembra que a Big Hit também tem na manga dois novos grupos. "Fique de olho nessa nova nova boy band incrível da Big Hit!", faz suspense. Já a nova girl band, que será lançada pela Source Music, tem integrantes selecionadas entre mais de 50 mil concorrentes vindas de 16 cidades do mundo que já estão em fase de ensaios.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest