Black Crowes: irmãos Chris e Rich Robinson voltam a se bicar e dão início a turnê 'Brothers of a Feather' em versão acústica
Entretenimento

Black Crowes: irmãos Chris e Rich Robinson voltam a se bicar e dão início a turnê 'Brothers of a Feather' em versão acústica

No dia em que a volta do Black Crowes foi anunciada, em 2019, Chris e Rich Robinson foram a um programa de rádio nos EUA. Diante do microfone, Chris assumiu sua parcela de culpa pela separação. "Eu disse algumas coisas horríveis. Eu estava em um lugar negativo, mas você sabe o quê? Pedi desculpas a Rich por isso", contou ele. Mais tarde, eles tocaram em Nova York, em seu primeiro show desde fevereiro de 2014. Pois agora está tudo bem entre os Black Crowes, que voltam a excursionar em 17 de junho, em Austin, no Texas, tocando na íntegra seu álbum de estreia, “Shake Your Money Maker” (lançado em 1990), e só saem da estrada em 19 de setembro, em Los Angeles.

LEIA AINDA: Daryl Hall & John Oates, perto dos 50 anos de carreira, querem festejas com álbum novo
SAIBA MAIS: Em 1º de maio de 1969, Bob Dylan é o convidado do primeiro programa de TV de Johnny Cash

Como aquecimento e presente aos fãs, Chris e Rich começaram uma turnê como duo acústico na quarta-feira (12/2) no Omeara, em Londres. A "Brothers of a Feather Tour" inclui mais uma data em Amsterdã, na Holanda, no sábado (15/2), antes de emendar outras nove datas nos Estados Unidos. Eles revivem assim um projeto paralelo iniciado em 2006, que rendeu o álbum "Brothers Of A Feather: Live At The Roxy", lançado no ano seguinte, e que desde 2013 não rolava.

Guitarrista e compositor principal da banda, Rich é o coração dos Black Crowes, banda de rock sulista que teve seu auge nos anos 1990, dando acento mais grooveado — e também mais rootsy —, em direção oposta à das bandas grunge da época. Mas ele sempre esteve na sombra de seu irmão. Chris é um frontman carismático, com uma voz de ouro. Ao longo dos anos, os dois tiveram suas diferenças, típicas entre irmãos, muitas vezes publicamente. Por conta delas, fizeram pausas prolongadas no contato um com o outro, como ocorreu entre 2002 e 2005. Mas o rompimento de 2015 foi o mais sério da carreira.

Chris e Rich Robinson no palco do Omeara London, no primeiro show da turnê que marca a volta do The Black Crowes. Foto: Getty Images
Chris e Rich Robinson no palco do Omeara London, no primeiro show da turnê que marca a volta do The Black Crowes. Foto: Getty Images

Com os ânimos finalmente pacificados, a banda anunciou que iria voltar no ano passado. Como aquecimento e presente aos fãs, Chris e Rich começaram uma turnê como duo acústico na quarta-feira (12/2) no Omeara, em Londres.

"Para mim, estamos voltando à raiz da música. É legal que Chris e eu saímos para tocar essas músicas do jeito que foram escritas. Eu sempre soube que se a música pudesse se manter na sua forma mais básica, seria uma ótima música”, disse Rich ao "Boston Globe".

Rich e Chris iniciaram o set acústico de 13 músicas com "Jealous Again" e "Twice As Hard", do álbum de estreia. Já "Wiser Time", de "Amorica", surgiu depois de mais de seis anos sem ser apresentada ao vivo. O show continuou com "Thorn In My Pride", de "The Southern Harmony And Musical Companion" (1992), que também seria representado por "Hotel Illness" e "Remedy". A seguir, "Good Friday" e "Horsehead", do elogiado "Three Snakes & One Charm" (1999). O repertório teve ainda "So Many Times", do mais recente álbum "Before The Frost ... Before The Freeze".

Sejam quais forem as diferenças dos irmãos, eles nunca deixaram de compartilhar uma linguagem comum enraizada em referências musicais. "Sempre apreciamos coisas semelhantes, independentemente do pacote. Tem que haver autenticidade, qualidade tonal, esse tipo de coisa. Qualquer músico que venha até nós, se eles puderem ter a mesma paleta para escolher e saber sobre o que estamos falando, essa será a chave. Chris e eu sempre tivemos isso", contou Rich.

Atualmente, os irmãos Robinson parecem sinceros sobre seu esforço para deixar as desavenças para trás. Aos 53 anos, Chris vem de seu terceiro divórcio (o segundo, e mais famoso, foi da atriz Kate Hudson, com quem teve um filho, Ryan). Longe do irmão e dos Black Crowes, teve um programa de rádio na Sirius XM onde explorava sua paixão pelo rock alternativo. Ele também formou uma banda própria, que ele chamou de Chris Robinson Brotherhood.

Rich, enquanto isso, fez carreira solo, excursionou por um tempo com o Bad Company e formou uma banda chamada Magpie Salute com alguns ex-membros do Black Crowes. Atualmente com 50 anos, mudou-se para Nashville para ficar perto da mãe, Nancy, que ficou viúva em 2013 (Stan, pai de Chris e Rich, também foi cantor, mas fez carreira como dirigente esportivo).

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest