Boates e poder público de Berlim se unem por casas noturnas mais sustentáveis
Tecnologia

Boates e poder público de Berlim se unem por casas noturnas mais sustentáveis

Que a noite de Berlim é agitada, não é novidade. A capital alemã é uma das cidades europeias mais famosas no quesito vida noturna, até por conta da qualidade de opções. Para continuar com a boa fama, as boates e o poder público da cidade se uniram para tentar transformar as noites de festa em ambientes mais sustentáveis.

O projeto, liderado pela ONG Friends of the Earth Germany e por uma organização de boates, pretende colocar as casas noturnas à frente no objetivo de transformar Berlim em uma cidade livre de carbono até 2050.A iniciativa, financiada pelo Senado de Berlim, pretende levar às casas noturnas sistemas de iluminação, resfriamento e aquecimento quem seja ecologicamente corretos, além de melhores instalações hidráulicas e maneiras de lidar melhor com o lixo produzido.

As boates de Berlim são lançadoras de tendências não só em termos de música, mas também de estilo de vid

Talvez a ideia mais incrível do projeto seja a que pretende produzir energia elétrica a partir das pistas de dança. A proposta vem do inventor holandês Daan Roosegaarde, que usa ladrilhos que acumulam energia dos dançarinos e a transforma em eletricidade, que poderia alimentar tanto a boate quanto a cabine do DJ. A invenção já está em uso no Club WATT em Roterdã, na Holanda.

"As boates de Berlim são lançadoras de tendências não só em termos de música, mas também de estilo de vida", afirmou Georg Kössler, representante do Partido Verde para proteção climática e cultura de casas noturnas, em entrevista a "Deutsche Welle". "É por isso que nós nos voltamos para as boates, porque elas causam um impacto. Milhares de pessoas vão às boates de Berlim, milhares de pessoas vêm à Berlim por conta delas, então nós conseguimos alcançar muitas pessoas se trabalharmos juntos para tornar as boates mais sustentáveis".

Berlim quer pistas de dança que transformem energia dos clientes em eletricidade / Foto: Divulgação
Berlim quer pistas de dança que transformem energia dos clientes em eletricidade / Foto: Divulgação

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest