Bob Marley: ex-parceira do rei do reggae recorre a vaquinha virtual para não perder apartamento em Londres
Entretenimento

Bob Marley: ex-parceira do rei do reggae recorre a vaquinha virtual para não perder apartamento em Londres

Esther Anderson, ativista, cineasta, atriz e fotógrafa premiada que teve uma relação muito próxima a Bob Marley e The Wailers, recorreu recentemente a um site de doações para não ser despejada. O apartamento onde mora em Londres desde os anos 1960 estava ameaçado de confisco por “taxas de serviço superadas”. Numa coincidência um tanto irônica, o canal de Bob no Youtube disponibilizou nesta segunda-feira (31/3), mais uma parte da série documental "Women Rising", em homenagem ao mês das mulheres.

O aviso foi feito em janeiro deste ano e Esther, sem ter muitas pessoas a quem recorrer, decidiu recorrer ao GoFundMe para levantar 10 mil libras para saldar suas dívidas. As informações no site se referem ao apartamento como o local “onde Bob Marley e Esther escreveram o hit 'I Shot the Sheriff'" e também a colocam como parceira do cantor em "Get Up Stand Up". Os direitos autorais dessas duas canções seriam suficientes para saldar qualquer dúvida, só que ela afirma que renunciou voluntariamente a todas as reivindicações das músicas (Bob assina sozinho "I Shot The Sheriff" e "Get Up Stand Up" está registrada como parceria dele com Peter Tosh. “Esther faz parte de uma geração mais idealista que dedicou tempo, energia, recursos e criatividade à bondade. Era uma forma de protesto e um ato de libertação”, justifica a mensagem.

Esther Anderson na época do lançamento do filme "Bob Marley: The Making of a Legend". Foto: reprodução Youtube
Esther Anderson na época do lançamento do filme "Bob Marley: The Making of a Legend". Foto: reprodução Youtube

Esther faz parte da história de Bob, através de uma amizade bem documentada no filme de 2011 "Bob Marley: The Making of a Legend", que tem registros feitos por ela no início dos anos 70, e que ficaram perdidos por três décadas. Em uma entrevista de 2013, ela disse: "Doze anos atrás recuperei minhas filmagens. Um dia, durante uma entrevista do Canal 4, vi as filmagens e disse: essa é minha!. Ele disse que tinha encontrado os rolos de filme em uma garagem no Canadá. Eles estavam destruídos e tiveram que ser recuperados". No longa em que ela também assina a direção, mostra um jovem Bob Marley antes de se tornar famoso, mostrando o primeiro ensaio dos Wailers e explorando a forte relação entre os dois.

Há cerca de uma semana, Esther publicou um texto no site agradecendo as doações e dizendo que vai continuar na luta contra as agências de administração no Reino Unido "empenhadas em tirar esse direito essencial". "Como resultado de seu apoio, contribuições, doações privadas e minhas economias, conseguimos arrecadar dinheiro para pagar a dívida pendente e impedir que a ordem de julgamento e posse prossiga", escreveu ela. O total arrecadado pelo site foi de 7.339 libras.

Alheias aos problemas financeiros de Esther, as comemorações do 75º aniversário de Bob Marley continuam a pleno vapor. A família Marley e a Universal Music estão lançando conteúdos desde o início do ano para comemorar o legado do ícone do reggae.

Nesta segunda-feira (31/03), o último dia do mês das mulheres, a segunda parte da minissérie documental "Women Rising" foi lançada no canal oficial do YouTube. O vídeo apresenta entrevistas de arquivo com Rita Marley, mulher de Bob, depoimentos das cantoras Marcia Griffiths e Judy Mowatt, da banda jamaicana I-Threes, além de ativistas, empresários, acadêmicos e alguns familiares.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest