BTS encerra turnê mundial movimentando mais de US$ 2,5 bilhões por ano na economia sul-coreana
Entretenimento

BTS encerra turnê mundial movimentando mais de US$ 2,5 bilhões por ano na economia sul-coreana

O BTS encerrou sua turnê mundial "Love Yourself" nesta terça-feira (29), com um show no Estádio Olímpico de Seul, na Coreia do Sul. Os astros de k-pop, segundo um estudo publicado pelo Instituto de Pesquisas Hyundai, movimentam, apenas com itens de merchandising, mais de US$ 2,5 bilhões na economia sul-coreana anualmente. Este número exorbitante chamou atenção para o faturamento total da excursão planetária da boy band. Quanto será que eles ganharam com a turnê, que teve início em agosto de 2018? Foram ao todo 62 shows em 23 cidades do mundo, incluindo noites sold-out no estádio de Wembley em Londres, e em Paris e Los Angeles. Mais de 2 milhões de tickets vendidos.

O site "Channel News Asia" fez contato com a Big Hit Entertainment, a gravadora do BTS, mas a empresa de gerenciamento artístico não quis revelar o faturamento completo dos sete meninos, muito menos as informações sobre os lucros da instituição com a turnê da boy band.

Sem uma resposta concreta da Big Hit Entertainment, o "Channel News Asia" foi atrás de outros dados para dar conta de quanto o BTS influencia economicamente a indústria do k-pop. Recentemente, o grupo e a Mattel, fabricante de brinquedos, fizeram uma colaboração que culminou em bonecos dos sete integrantes do BTS. A parceria foi tão bem-sucedida que aumentou as vendas internacionais da empresa em 10%.

Os bonecos do BTS produzidos pela Mattel/Divulgação
Os bonecos do BTS produzidos pela Mattel/Divulgação

Bonecos, lojas temporárias na Coreia do Sul e Japão, jogos mobile, série de TV, parcerias com marcas como Coca-Cola, Fila e Hyundai... Imagine a conta bancária de qualquer um dos integrantes do BTS. Tantos zeros, a se perder a conta.

No primeiro semestre de 2019, a Big Hit Entertainment divulgou dados de sua receita: o número recorde de US$ 171 milhões. Apesar de gerenciar outros artistas, o BTS é a galinha dos ovos de ouro da empresa, que deve ter faturado muito mais no segundo semestre deste ano.

Com uma produção audiovisual acertada para 2020, o impacto do BTS na economia de seu país é literalmente incalculável. A imagem da Coreia do Sul nunca circulou tanto no planeta. Mesmo depois do ganho trazido após os Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, o turismo no país ainda dependia muito de visitantes de Japão e China. Em março de 2017, os negócios foram abalados ainda mais com as sanções chinesas que se seguiram às instalações de mísseis americanos na Coreia do Sul. Mas hoje grupos de turistas europeus e de outras regiões asiáticas são muito comuns na capital, assim como a presença de latino-americanos.

E adivinha que rolês eles querem dar? Os restaurantes favoritos, os estúdios, todos os pontos significativos na vida dos sete astros.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest