BTS: projetos solo de integrantes como Jungkook, Suga, V e Jin batem recordes
Entretenimento

BTS: projetos solo de integrantes como Jungkook, Suga, V e Jin batem recordes

Sucessos estrondosos e recorrentes do BTS não param dentro das conquistas do grupo sul-coreano. Projetos solo recentes de Jungkook, Suga, V e Jin também têm alcançado ótimos resultados entre os fãs do maior boy group de k-pop do planeta. Após o lançamento do álbum "Map Of The Soul: 7", em fevereiro deste ano, parte dos sete integrantes tem se destacado com trabalhos individuais durante o isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus.

Caçula do grupo, Jungkook, de 22 anos, retornou com o single "Euphoria", de 2018, às paradas americanas. No último dia 19 maio, o cantor se tornou o artista solo de k-pop que permaneceu por mais tempo no ranking global de vendas digitais da revista americana "Billboard", com 26 semanas perto do topo da lista de música pop. Com mais de quatro milhões de cópias vendidas no mundo inteiro, a faixa também se consagrou como o "lado B" mais vendido da história do k-pop.

Mas não para por aí. Ainda em maio deste ano, Jungkook quebrou o recorde de vídeo a receber mais rapidamente um milhão de curtidas no Twitter, com apenas 14 minutos do horário de postagem até a quantidade de engajamentos. A gravação é de uma cover da canção "Never Not", do cantor americano Lauv, de 25 anos, e já coleciona mais de 2,7 milhões de curtidas desde o dia 2 de maio, quanto foi publicada. Até o momento, o cantor também foi nomeado como o idol mais buscado no Google e no YouTube em 2020 — título que também recebeu em 2019.

Em 22 de maio, Suga, por sua vez, lançou "D-2", a segunda mixtape do rapper e compositor do BTS sob o pseudônimo solo Agust D. No mesmo dia, o artista de 27 anos também liberou o videoclipe da canção "Daechwita", em que os amigos Jungkook e Jin fazem pequena participação.

O álbum de dez faixas de Min Yoon-gi trata de questões posteriores aos temas da primeira e autointitulada mixtape, lançada em 2016, mas sem deixar de lado assuntos comuns dentro do BTS. Em enquete popular no site da "Billboard", "D-2" foi eleito o lançamento favorito da semana, com 72,29% dos votos, à frente do dueto de Lady Gaga e Ariana Grande "Rain On Me", que recebeu 22,37% da preferência.

Já no dia 25 de maio, V, de 24 anos, bateu um recorde até então pertencente a "Gangnam Style", sucesso mundial de 2012. O hit do cantor sul-coreano Psy, de 42 anos, escancarou de vez as portas internacionais para o k-pop e atingiu o topo do ranking de vendas digitais no ITunes em 86 países simultaneamente.

Com o single "Sweet Night", lançado em março de 2020 e composto especialmente para a trilha sonora oficial da série sul-coreana de drama “Itaewon Class”, Taehyung atingiu o topo do ITunes em 88 regiões. Assim, V se tornou o artista solo coreano mais jovem com mais primeiras colocações da mesma faixa no ranking mundial de vendas do ITunes.

Enquanto isso, Jin, de 27 anos, mostrou um pouco do cotidiano dele em uma live no canal oficial do BTS no YouTube. Realizada no dia 25 de maio, a transmissão ao vivo de Kim Seok-jin virou o tópico mais comentado mundialmente no Twitter e também o principal assunto da rede social em países como Equador, Guatemala, Peru e Canadá, segundo o portal americano "Allkpop".

Com a live feita por Jin dentro de casa, tocando teclado e vestindo roupas confortáveis, o cantor se tornou o primeiro integrante do BTS a ter um vlog como número um no YouTube da Coreia, além de atingir mais de três milhões de visualizações em apenas 12 horas.

Jin durante live no Youtube no canal oficial do BTS na plataforma / Foto: Reprodução
Jin durante live no Youtube no canal oficial do BTS na plataforma / Foto: Reprodução
Tags relacionadas:
EntretenimentoK-PopBTS

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest