Casal-símbolo de Woodstock segue juntinho, 50 anos depois: 'Agora somos vovô e vovó'
Entretenimento

Casal-símbolo de Woodstock segue juntinho, 50 anos depois: 'Agora somos vovô e vovó'

Você já viu essa foto, muito provavelmente. Um jovem casal envolvido num edredom velho e sujo em volta de hippies que dormiam no chão de uma fazenda em Bethel, interior de Nova York, onde aconteceu o Woodstock em agosto de 1969. Os pombinhos apaixonados em destaque são Nick Ercoline e Bobbi Kelly, que estão juntos até hoje, 50 anos depois.

O registro foi feito no domingo, 18 de agosto de 1969, pelo fotógrafo da revista "Life" Burk Uzzle. Ele capturou o momento antes que Nick ou Bobbi percebessem que estavam sendo flagrados e eternizados para sempre na história da música e da fotografia. O casal só descobriu a imagem quando o disco de vinil da trilha do festival foi lançado, em 1970.

Quem mostrou o LP para eles foi um amigo chamado Jim "Corky" Corcoran, que foi quem os levou, no carro da mãe, a Woodstock no verão de 1969 e aparece na versão estendida da foto de Burk. Um ex-veterano do Vietnã, aparece deitado em um saco de dormir na foto icônica da capa do disco. Sua morte, em setembro do ano passado, traz melancolia ao casal: Corky não pôde comemorar os 50 anos do festival.

"Ele sabia muito de música. Era como uma bíblia", disse Nick ao site "AARP". "Talvez tenha sido um dos primeiros a comprar o álbum quando ele foi lançado. Nos reunimos no apartamento dele com mais seis ou oito pessoas para ouvir. Quando estavam passando o LP, notei a borboleta laranja no cajado, no canto da imagem. Era de um cara de Huntington Beach, na Califórnia, chamado Herbie. Só percebi que éramos nós na foto depois que olhei o cobertor."

"Nesse momento, percebi que deveria ter contado a minha mãe que fui a Woodstock", divertiu-se Bobbi. Quando os dois foram ao festival, eles estavam saindo juntos havia três meses.

Nick Ercoline e Bobbi Kelly na capa do disco da trilha de Woodstock, em 1969/Divulgação
Nick Ercoline e Bobbi Kelly na capa do disco da trilha de Woodstock, em 1969/Divulgação
O verso do LP do Woodstock com todas as canções listadas/Divulgação
O verso do LP do Woodstock com todas as canções listadas/Divulgação

O casamento de Bobbi e Nick aconteceu em 1971, e hoje eles vivem em Pine Bush, no interior do estado de Nova York. O local fica a menos de uma hora de Bethel, onde aconteceu o festival. "Me sinto privilegiada por ter vivido aquele momento histórico", conta Bobbi, que é mãe de dois filhos, Matthew e Luke, e avó de 8 netos. "Assim que nos despedimos do festival, percebemos como ele foi significante e como nos impactou. Ele é parte de quem somos."

O casal se conheceu na cidade de Middletown, a 90 minutos de Nova York, no verão de 1969. Naquela época, Nick, 20 anos, fazia faculdade e bicos como barman no Dino's Bar à noite. Bobbi, 19, na verdade, namorava um dos garçons, que aproveitou o feriado para fazer uma viagenzinha com "amigos", sem ela — e a perdeu para sempre. "Era um ótimo lugar para conhecer garotas", lembra Nick.

Sobre Woodstock, Nick e Bobbi revelaram como foi difícil chegar até lá por conta no caos nas estradas. "A via New York State Thruway estava completamente fechada. Ao menos, era o que diziam as notícias", lembra-se Nick. "Eles diziam: 'Se você planeja ir ao Woodstock, esqueça'. Mas éramos jovens de 20 anos e ignoramos isso. Corky pegou emprestado o carro da mãe dele e fomos."

No caminho, o grupo encontrou muitos policiais na estrada e também alguns bloqueios. Mas, como eram locais, conseguiram fazer um percurso alternativo, seguindo o rio Delaware, atravessando propriedades privadas e mais um monte de rotas desconhecidas até chegar ao ponto mais próximo que conseguiram do festival, a 8 quilômetros da fazenda em Bethel.

"Naquele momento, avistamos um policial estadual e tivemos que largar o carro ali. Lembro que no capô do automóvel do policial havia um hippie fumando um baseado. Naquela época, ele poderia ser preso por isso e passar até cinco anos na cadeia. Aquela cena me chocou e pensei: 'Que diabos está acontecendo?'", contou Nick.

Os oito quilômetros que afastavam o grupo do festival foram vencidos entre caronas e caminhadas. Foi nesse trajeto que o casal encontrou o famoso edredom da foto. "Fomos totalmente despreparados. Sequer tínhamos ingresso ou comida. Decidimos ir de última hora e não sabíamos o que esperar. Havia milhares de pessoas indo para o mesmo lugar, levando sacos de dormir e instrumentos. Chegando lá, sequer conseguíamos ver o palco, mas o som era incrível", completou Bobbi.

Nick ficou especialmente tocado por Janis Joplin e Sly & the Family Stone, mas Bobbi retrucou, afirmando que a música nem foi o principal "evento" do Woodstock. "Lembro-me mais das pessoas, da humanidade e da comoção em torno do festival. Aquilo foi incrível e muito empolgante. Nunca vivemos algo como Woodstock", disse ela. "Veja, não levamos comida, mas não passamos fome. Muitas pessoas doavam alimentos, lembro de gente passando bananas ou pedaços de pão. Todos compartilhavam o que tinham."

O casal, apesar das boas recordações do Woodstock, tem certeza de que se o festival acontecesse hoje, não seria nada bom para eles. "Aos 20 anos e apaixonado, não há nada que te preocupe", avalia Bobbi. "A gente não tinha noção do que estava acontecendo ali. Não havia telefones, mensagens de textos. Só percebemos como era grande quando ouvimos a música."

Hoje, eles vivem como aposentados, com quase nada que faça lembrar os clichês de velhos hippies. "Não somos mais aquele casal. Somos vovô e vovó", define Bobbi, enquanto elabora uma dica para o casais de hoje em dia permanecerem juntos por tanto tempo. "Não fique zangado. As pessoas não crescem ao mesmo tempo e na mesma medida. É preciso muita paciência para que as coisas tenham sintonia."

Nos últimos anos, um colecionador apaixonado pela história dos dois ofereceu US$ 30 mil no edredom usado por eles em Woodstock. Infelizmente, ele já não existe mais. "Ficaríamos felizes em doá-lo. Mas agora já foi", finalizou Nick.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest