Como a house music ajudou a África do Sul a espalhar mensagens de amor e esperança
Música eletrônica

Como a house music ajudou a África do Sul a espalhar mensagens de amor e esperança

A house music atual tem sofrido uma grande influência da África do Sul, não há como negar. Prova disso é que alguns dos principais nomes do gênero são naturais do país, como os DJs Black Coffee e Culoe De Song. O amor dos sul-africanos pelo subgênero eletrônico começou a florescer em 1994, quando o estilo musical passou a servir como trilha sonora para as comemorações pelo fim do Apartheid.

Dessa maneira, a house music incorporou um espírito alegre, de vitória, ao mesmo tempo em que espalhou pelo país mensagens de amor e esperança. E isso fica claro nas declarações e histórias de quem vive por lá.

"Onde os políticos falham, a música sempre vence", disse o DJ Fresh ao site "MixMag". "A música tem o poder de reunir as pessoas, porque juntos nós temos um coração, e com o coração vem as batidas. Se você tocar uma música, antes mesmo de notá-la, vai perceber que estamos no mesmo ritmo".

Black Coffe/Reprodução/YouTube
Black Coffe/Reprodução/YouTube

A música é, sem dúvida, uma das manifestações artísticas capazes de transformar a vida das pessoas. Ela mudou para sempre a história de Black Coffe, nascido na cidade de Durban, na África do Sul. Hoje, ele utiliza boa parte do dinheiro que ganha com seu trabalho para investir em sua própria comunidade e, assim, ajuda a criar uma nova realidade para jovens que se espelham nele.

"A house music encontrou sua casa aqui na África do Sul porque existe alguma alma nos conectando com ela", disse o DJ.

Além da house music, a África do Sul tem uma afinidade incrível com alguns tipos de subgêneros distintamente sul-africanos, como kwaito e gqom. As raízes do Kwaito remontam aos anos 1990 como uma mistura de disco e hip-hop, juntamente com a house music ocidental. Já o gqom (pronuncia-se “gom”) é um estilo descendente do kwaito. Ele surgiu nos bairros dominados por zulus ao redor do centro da cidade de Durban.

Hoje, a house music está em toda parte na África do Sul e o país está repleto de incríveis talentos em ascensão prontos para a cena musical global. Se você ainda não conhece os conhece, é uma bora hora para pesquisar.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest