Como a música de Porto Rico está se reerguendo após o furacão Maria?
Inspiração

Como a música de Porto Rico está se reerguendo após o furacão Maria?

0

Publicidade

Em 2017, Luis Fonsi, natural de San Juan, em Porto Rico, lançou o megahit latino "Despacito". Nove meses após a divulgação da faixa, considerada a mais famosa de toda a história do YouTube, o país natal do cantor foi atingido pelo furacão Maria. Com dimensões catastróficas, a tragédia deixou 1,4 milhões de pessoas sem energia e acabou com a vida de quase 3 mil habitantes da ilha, localizada no Mar do Caribe. 

LEIA MAIS: Música latina é considerada o gênero regional que mais cresce no mundo

VEJA TAMBÉM: Inglês rebaixado? Entenda por que o espanhol e o coreano estão entre as línguas mais faladas dos principais hits

Quase dois anos após o ocorrido, a nação porto-riquenha segue tentando reconstruir o que foi arrasado pela natureza. Como o país é reconhecido como o berço da música latina contemporânea, tendo Luis Fonsi, Daddy Yankee, Bad Bunny e Ozuna como representantes, é de extrema importância saber como a indústria fonográfica de lá está se reerguendo. 

De acordo com a revista "Billboard", o investimento em turismo tem sido uma das saídas para potencializar a economia local. Com ele, também chegam empreendimentos culturais e da área do entretenimento, como a apresentação do musical da Broadway, "Hamilton", no Centro de Belas Artes Luis A. Ferré, na cidade de San Juan. No total, o espetáculo arrecadou US$ 14 milhões, que foram revertidos em verbas para artistas locais e instituições de artes. 

O comediante Jimmy Fallon, por sua vez, se juntou ao criador de "Hamilton", Lin-Manuel Miranda, que é descendente de porto-riquenhos, para gravar um programa completo na capital do país, ajudando ainda mais a atrair interesse pela ilha.

'Hamilton', baseado no livro do historiador Ron Chernow, conta a história de Alexander Hamilton, o primeiro Secretário do Tesouro dos EUA/Getty Images
'Hamilton', baseado no livro do historiador Ron Chernow, conta a história de Alexander Hamilton, o primeiro Secretário do Tesouro dos EUA/Getty Images

Já que o objetivo do turismo é, justamente, atrair gente para o território, os teatros e casas de show estão funcionando a todo vapor. Apenas os menores, localizados em cidades mais distantes, continuam fechados. O núcleo musical de Porto Rico também continua a crescer, bem como todas as funções técnicas que mantém um espetáculo de pé. Portanto, se você acha uma banda tocando em cada esquina do país, também encontra iluminadores, cenógrafos, técnicos de som, engenheiros, entre outros que trabalham nos bastidores do showbussiness. Pouco a pouco, a comunidade porto-riquenha tem se reerguido e elevado sua música de volta ao patamar em que estava. 

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais