Como fazer uma boa playlist? Dicas e orientações para todos os gostos
Entretenimento

Como fazer uma boa playlist? Dicas e orientações para todos os gostos

0Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do Pinterest

Publicidade

Pode ser playlist de funk e pop para a festa dos amigos ou de música clássica e instrumental para momentos de descanso, não importa; a hora de montar uma lista de músicas sempre envolve emoções e expectativas. Hobby para alguns e quase uma ciência para outros, esse tema já rendeu muitas matérias na imprensa no Brasil e mundo afora, principalmente por conta dos novos hábitos de consumo de música — cada vez mais focados em reproduções aleatórias nas plataformas de streaming e menos na escuta de álbuns completos.

STREAMING: Por que é tão importante ter uma música emplacada em uma playlist de sucesso do Spotify?

LEIA TAMBÉM: Orgulho LGBT: 50 músicas para celebrar o mês mais diverso do ano

Para dar uma mãozinha a entusiastas e curadores, e ajudar artistas iniciantes que desejam aumentar seu alcance, o Reverb reuniu em um só lugar dicas para construir playlists perfeitas para qualquer ocasião.

Em 2019, playlists de funk e sertanejo têm sido grandes destaques de serviços de streaming como o Spotify / Foto: Unsplash
Em 2019, playlists de funk e sertanejo têm sido grandes destaques de serviços de streaming como o Spotify / Foto: Unsplash

Comece forte: as três primeiras faixas são fundamentais

Não tem jeito: iniciar bem a playlist é a dica unânime dos portais e especialistas do formato. É no início da lista que você prende a atenção do ouvinte ou o faz desistir e trocar de curadoria. Então, dependendo da intenção do conteúdo, invista em canções inesquecíveis e bastante populares para começar ou naquelas novas, frescas, mas com grande potencial de conquistar o público-alvo. Siga o seu coração (e intuição auditiva)!

Cuidado com a quantidade: o ideal está entre 20 e 60 canções

Segundo o site da Tratore, a maior distribuidora de música independente do país, playlists com menos de 15 faixas são completadas por canções aleatórias na versão grátis do Spotify, enquanto aquelas com mais de 60 não podem ser baixadas para ouvir no modo offline. Pense nisso, mas também analise cada situação, pois algumas playlists podem durar horas, mas outras não precisam de tanto.

Temas e descrição: pense bem para aparecer nas buscas

Leve em consideração que apenas os 140 primeiros caracteres da descrição da playlist impactam nas buscas, então tente ser sucinto e reunir o máximo de palavras-chave possível. Já no tema, pode ousar: invista em recortes interessantes para quem você gostaria que escutasse a seleção. Dependendo do público, recortes mais específicos podem funcionar bem, como na lista "Viagem de Carro - Só Brasil", de Wanderson Gonçalves, que tem mais de oito mil seguidores no Spotify.

Ritmo frenético: mantenha suas playlists atualizadas

Se você é um consumidor fiel de playlists oficiais dos próprios serviços de streaming, já deve ter percebido que elas estão em constante atualização. Novos hits aparecem, algumas canções perdem a energia com o tempo e é importante acompanhar as tendências. Quando fizer as mudanças, avise nas redes sociais e tente não colocar as novidades do meio para o final da lista.

Músicas conversam: respeite a conexão entre elas

As melhores listas combinam músicas coerentes entre si, seja na melodia, seja na letra. Então, tente criar playlists que mantenham uma linha de pensamento, uma fluência. A "Lo-fi Beats", do Spotify, é um ótimo exemplo disso.

Capa: o ouvinte julga, sim, por ela

O primeiro contato do usuário de serviços de streaming com playlists não é a música, mas sim, a capa. Diversas marcas buscam criar uma identidade visual especial para esse recurso gráfico, justamente por entender a importância dele. Investir em artes mais simples e minimalistas pode ser a melhor opção por conta do tamanho da capa nas telas de aparelhos celulares.

Capas das playlists são muito importantes nos serviços de streaming / Foto: Unsplash
Capas das playlists são muito importantes nos serviços de streaming / Foto: Unsplash

Ah! E não deixe de acompanhar as nossas playlists feitas pela Rádio Ibiza. Elas vão ao ar toda segunda-feira e ficam disponíveis nos perfis do Reverb no Spotify e no Deezer.    

Publicidade

Tags relacionadas:
EntretenimentoPlaylist
Background

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest