Compartilhar música pode estreitar laços entre pais e filhos
Tecnologia

Compartilhar música pode estreitar laços entre pais e filhos

Escutar música sozinho no fone de ouvido é bom, mas escutar acompanhado de quem a gente ama é melhor ainda. Um estudo realizado pela Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, mostrou que homens e mulheres que compartilharam experiências musicais com seus pais durante a infância e adolescência relatam ter um melhor relacionamento com eles quando entram na fase adulta.

Segundo os pesquisadores responsáveis pelo estudo, a comunicóloga Sandi Wallace e o professor e chefe do Departamento de Comunicação da UA, Jake Harwood, esse fenômeno se deve a dois fatores: coordenação e empatia. "Se você toca ou ouve música com seus pais, vocês acabam fazendo atividades sincronizadas como dançar ou cantar juntos, e os dados mostram que isso faz com que vocês se gostem mais”, explica Harwood.

A pesquisa concluiu também que esses efeitos têm um impacto ainda maior na adolescência. "Com crianças pequenas, a atividade musical é bastante comum”, diz Harwood, mas “com adolescentes, é menos frequente e, por serem menos frequentes, você pode encontrar efeitos maiores, porque elas se tornam superimportantes quando acontecem".

As informações são do “EurekAlert”.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest