Conheça o anel que controla o som de instrumentos musicais
Tecnologia

Conheça o anel que controla o som de instrumentos musicais

Controlar sons por aplicações digitais não é novidade no mercado da tecnologia e da música. Porém, exercer esse controle com pequenos movimentos das mãos e um anel no dedo, sim. É isso que faz Neova, um equipamento desenvolvido pela companhia francesa Enhancia para dar dinamismo à prática musical e aumentar as habilidades motoras dos artistas. Conectado a um computador por meio de um hub, o anel utiliza o movimento da mão para provocar alterações no som emitido pelo aparelho tocado.

"Anos atrás, eu trabalhei em um conceito de interface projetado com o objetivo de despertar o lado musical de crianças deficientes. Eu tive que enfrentar essa grande questão: como aumentar as habilidades de uma pessoa para que cada uma de suas intenções se tornasse um som? A resposta foi desafiar a importância do movimento na música”, diz Damien Le Boulaire, jovem fundador e CEO da companhia.

O aparelho, que buscou apoiadores em uma campanha no Kickstarter, funciona com uma espécie de “pedra” encaixada no anel. É ela que guarda os sensores de movimento, como se fosse um “cérebro”. O hub faz a conexão com a estação digital. A companhia também desenvolveu um sintetizador virtual próprio, o Plume, com mais de 200 sons disponíveis. Entretanto, o anel pode ser conectado a qualquer outra plataforma digital de edição de som.

O pacote à venda vem com um set de anéis de tamanhos variados para cada tipo de dedo. Sendo assim, bastaria apenas colocar a pedra em outro suporte para fixá-lo da forma mais adequada ao tipo físico do usuário.

Para o desenvolvimento do anel, a Enhancia trabalhou com mais de cinquenta músicos para capturar movimentos e entender os padrões de uso entre os artistas. A partir daí, desenvolveu cinco gestos diferentes que o anel pode identificar: vibrato, curva, tilt, onda e giro. Os movimentos foram escolhidos porque tendem a ser gestos naturais no dia a dia de quem toca algum instrumento. Na prática, como você pode ver no vídeo, os movimentos parecem com os usados para se tocar um theremin.

Anel utiliza o movimento da mão para provocar alterações no som (Foto: Divulgação)
Anel utiliza o movimento da mão para provocar alterações no som (Foto: Divulgação)

Segundo a empresa, a bateria do aparelho tem autonomia de 10 horas e pode suportar mais de 500 ciclos de recarga antes de reduzir sua potência para 80% da capacidade original. De acordo com os cálculos dos desenvolvedores, se o artista usar o Neova por uma hora por dia, poderá manter a totalidade da bateria por mais de dez anos antes da redução. Para recarregar, o equipamento demora cerca de uma hora e meia.

A campanha no Kickstarter teve quase 400 apoiadores e não só atingiu a meta planejada, como a excedeu. A Enhancia optou por não encerrar o projeto para tentar arrecadar mais dinheiro para investir no Neova. A expectativa é de que o produto esteja pronto para ser enviado aos compradores em março do ano que vem. Se comercializado em grande escala, o preço de mercado é estimado em 350 euros

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest