Consciência Negra: uma playlist para celebrar a negritude
Entretenimento

Consciência Negra: uma playlist para celebrar a negritude

Comemorado com feriado em mais de mil cidades do país, o Dia da Consciência Negra foi idealizado em 1970 pelo Grupo Palmares, formado por ativistas negros do Rio Grande do Sul. Como parte da programação especial de conteúdos para a Semana da Consciência Negra, o Reverb reuniu nesta playlist canções que celebram, exaltam e levantam questões referentes à negritude.

Clássicos brasileiros como "Negro É Lindo", de Jorge Ben Jor (à época do lançamento da música e do álbum de mesmo nome, em 1971, apenas Jorge Ben) e "Sorriso Negro", de Dona Ivone Lara, convivem com gravações recentes, como "Respeitem Meus Cabelos, Brancos", na voz de Xênia França, "Liberdade", com Drika Barbosa, Luedji Luna e R.A.E., e "Libertação", colaboração de Elza Soares, com Bayana System e Virgínia Rodrigues.

Hinos históricos internacionais como "Get Up, Stand Up", de Bob Marley, "Respect" (escrita originalmente por Otis Redding), na voz de Aretha Franklin, e "Say It Loud — I'm Black And I'm Proud", de James Brown, também têm lugar nessa playlist. Que, claro, abrange também a produção contemporânea, incluindo faixas de Beyoncé, Kendrick Lamar, Sampa The Great e Nicole Gumbe.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest