Cyndi Lauper receberá prêmio da ONU por seu trabalho como ativista da causa LGBTQI+
Inspiração

Cyndi Lauper receberá prêmio da ONU por seu trabalho como ativista da causa LGBTQI+

Uma boa notícia para os LGBT: Cyndi Lauper, cantora de 66 anos e ativista da comunidade gay, lésbica, trans e queer, será homenageada pela ONU. Ela se tornará a primeira artista da história a receber o prêmio High Note Global Prize por seu trabalho com a juventude de rua.

"Há décadas, Cyndi promoveu os direitos humanos, foi uma voz e participante ativa para a mudança e inspirou pessoas no mundo todo a ser tolerantes e verdadeiros consigo", declarou David Clark, o produtor responsável por criar o prêmio. De acordo com dados obtidos pela "Out Magazine", a juventude queer e trans representa 40% dos jovens que vivem nas ruas nos EUA.

Como se sabe, Cyndi é co-fundadora da organização não-governamental True Colors United, instituição criada em 2008 e preocupada em minimizar o preconceito contra a comunidade LGBT e a ajudar todos aqueles que acabaram nas ruas. Por seu trabalho, a artista foi reconhecida pelo ex-presidente dos EUA, Barack Obama, que a convidou para tocar em um comício presidencial em 2013.

A cantora de "Girls Just Wanna Have Fun" receberá a honraria no dia 10 de dezembro, durante o evento Cyndi Lauper & Friends: Home for the Holidays, sediado em Los Angeles, nos EUA. Artistas como Belinda Carlisle, Billy Porter, Marilyn Manson, King Princess, Kesha e outros foram convidados para se apresentar no local.

Ah, e nesta mesma data é comemorado anualmente o dia dos direitos humanos. Uma bela coincidência.

Tags relacionadas:
InspiraçãoLGBT

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest