David Bowie lembra como conheceu Mick Jagger, em 1963, abrindo o show de Little Richard
Rolling Stones

David Bowie lembra como conheceu Mick Jagger, em 1963, abrindo o show de Little Richard

Um das relações mais conhecidas entre astros da música pop começou meio por acaso, mas já de forma arrebatadora. Foi em um programa de TV, em 2002, que David Bowie (1947-2016) explicou como foi a primeira vez em que viu Mick Jagger se apresentar, com os Rolling Stones, quase quatro décadas antes.

David Bowie estava ao lado do ator Tom Hanks, no talk show de Michael Parkinson, na emissora estatal britânica BBC, quando descreveu a impressão que teve ao assistir aos Rolling Stones, em 1963, ainda em início de carreira, abrindo um show do ídolo americano Little Richard, conta a Far Out Magazine.

David e Mick dançando na rua
David e Mick dançando na rua

Com fina ironia, David Bowie interpreta a fala e o gestual do futuro parceiro naquele show de abertura, provocando gargalhadas em Tom Hanks - nada menos que um bicampeão do Oscar de melhor ator (1993/1994) -, ao imitar a forma de falar e mover os lábios de Mick Jagger.

“Foi incomparável, eu nunca havia visto nada tão selvagem na vida. Aí, um cara grita para o palco: 'Corta o cabelo!'”, lembrou David, sobre os jovens Stones, emendando com sua interpretação sobre a resposta tão rápida quanto sarcástica de Mick Jagger, se virando para o pretenso provocador da plateia e simulando cara de espanto, ao perguntar: ‘Eu estou parecendo contigo!??’.

“Sempre houve uma troca de informações em nossa amizade. E suponho que sempre houve um elemento de competição entre nós, mas nunca atrapalhando [a amizade]”, lembrou, no programa, David, sobre Mick, com quem, nos anos 80, gravaria “Dancing In The Street”, sucesso de Martha And The Vandellas, trio vocal feminino da Motown.

Além da amizade, foi um caso entre os dois cantores, confirmado por biógrafos e pela ex-mulher de David, Angela - os Bowie eram abertamente bissexuais. À imprensa britânica, ela contou ter visto os dois juntos, na cama, ao chegar em casa, em uma manhã de 1973. “Falei: 'Bom dia! Prontos para o café-da-manhã, meninos?'", disse.

David Bowie regravou Rolling Stones em 1973, quando lançou o álbum “Aladdin Sane”, que incluía uma versão da sugestiva “Let’s Spend The Night Together”.

Décadas depois do relatado convite irônico de Angie para o café da manhã, a relação David/Mick segue rendendo piadas, como na paródia do clipe que os dois gravaram para sua versão de “Dancing In The Street”, com o áudio de “Baby Doll de Nylon”, de Robertinho de Recife.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest