‘Dia do Abraço’: 12 músicas para comemorar a data com muito amor
Inspiração

‘Dia do Abraço’: 12 músicas para comemorar a data com muito amor

Este ano, o Dia do Abraço vai ser comemorado de forma diferente, mas nem por isso vamos deixar de falar dele. Afinal, existe forma mais carinhosa de demonstrar afeto do que puxando aquela pessoa que você ama para ficar alguns segundos dentro dos seus braços? E não precisa ser namorada, namorado, marido, mulher. Tem coisa mais gostosa que um abraço de um amigo querido ou da sua mãe e do seu pai?

Não se sabe ao certo o porquê da data ser celebrada no Brasil em 22 de maio, mas é sempre bom pensar em motivos para sorrir e aquecer o coração. Aqui vão 12 músicas que falam — direta ou indiretamente — sobre abraços. Tem para todos os gostos e estilos. E, para todos vocês, aquele abraço!

Dia do Abraço é celebrado nesta sexta-feira, 22 de maio / Foto: Unsplash
Dia do Abraço é celebrado nesta sexta-feira, 22 de maio / Foto: Unsplash

‘Aquele Abraço’, Gilberto Gil

Abrindo a lista com aquela que deveria ser considerada o hino do abraço no cancioneiro popular do Brasil. Apesar de alegre e animada, o contexto em que a música foi escrita não é nada empolgante. À época, Gilberto Gil deixava o país para se exilar na Europa por conta dos anos de chumbo da ditadura militar. “Aquele abraço” era a frase ouvida pelo artista dos soldados que se despediam dele. Mesmo assim, Gil prefere lembrar de tudo que é bom no Rio de Janeiro e na sua amada Bahia. Aquele abraço!

‘Um Simples Abraço’, Nando Reis

Às vezes tudo que a gente precisa é de um “Simples Abraço” de alguém querido, não é? Ainda mais quando nada vai muito bem. “O que você precisa? Se você precisar Uma margarida comum/ Um beijo ou um simples abraço/ Que é pra você lembrar de mim”, canta Nando Reis.

‘Dream A Little Dream Of Me’, Ella Fitzgerald & Louis Armstrong

As estrelas brilham em uma noite de vento fresco e passarinhos cantando. O sonho de Ella Fitzgerald e Louis Armstrong é paz ao coração e a pedida certa no jazz para um abraço quentinho. O apelo letrado por Gus Kahn (1886-1941) em parceria com Fabian Andre e Wilbur Schwandt tem funcionado desde o primeiro lançamento da música, em 1931: “Me abraça forte e diga que você vai sentir minha falta. Enquanto eu estou sozinha e triste, sonhe comigo”. Quem resiste?

‘Dentro De Um Abraço’, Jota Quest

O melhor lugar do mundo é dentro de um abraço mesmo. Os versos da música do Jota Quest são certeiros: “Pro mais velho ou pro mais novo, para alguém apaixonado ou alguém medroso. Pro solitário ou pro carente, dentro de um abraço é sempre quente. Tudo que a gente sofre, num abraço se dissolve.”

‘Hold You In My Arms’, Ray LaMontagne

Expert em baladas românticas folk, Ray LaMontagne sabe dar alento aos ouvidos. “E poderia te envolver em meus braços. Eu poderia te abraçar para sempre!”. Para quem você cantaria isso, hein?

‘I Want To Hug You’, John Lee Hooker

O bluesman John Lee Hooker (1912-2001) sabia usar o rock ’n’ roll para expressar bem o tamanho da vontade de dar um abraço. Não só pelo título da música, algo como “Eu quero te abraçar”, mas pela letra toda. “Eu quero te abraçar, te beijar e te apertar até os meus braços caírem.” É a própria definição do chamado “abraço de urso”: bem coladinho e cheio de amor.

‘Meu Abrigo’, Melim

As good vibes dos irmãos Melim em “Meu Abrigo” são contagiantes. Tem como ouvir essa música e não abrir um sorriso? “No seu colo é o meu abrigo.” Dá para sentir o quentinho do abraço na hora.

‘Não Quero Dinheiro’, Tim Maia

Essa do Tim Maia (1942-1998) todo mundo sabe de cor: “Vou pedir pra você voltar, vou pedir para você ficar, eu te amo, eu te quero bem. Vou pedir para você gostar, vou pedir para você me amar, eu te amo, eu te adoro, meu amor!” A música não fala sobre abraço diretamente, mas nenhuma declaração de amor como essa acaba sem um chamego de perto. Ainda mais depois de uma semana inteira esperando. Grande Tim Maia!

‘Arms’, Christina Perry

Christina Perry sabe como ninguém fazer uma canção melancólica, mas a balada “Arms” é daquelas de encher os olhos de água pensando no abraço de quem você ama. “Você coloca os seus braços ao meu redor e eu me sinto em casa.”

‘Calmô’, Liniker e os Caramelows

Ouvir Liniker cantando “Calmô” nos dá a impressão de que não existe problemas no mundo. “Pela manhã, quando você acorda, o teu sorriso tão ligeiro vem me despertar, vagarosa, formosa menina”, dizem os primeiros versos. A vontade de tascar um abraço em alguém e até dançar coladinho vem imediatamente.

‘Here In My Arms’, Leon Bridges

Leon Bridges canta para alguém que acha que não tem ninguém que a ame. “Meu amor, por favor, venha para onde está quentinho: nos meus braços, nos meus braços”, canta o músico. “Sempre que você precisar, tudo que você tem a fazer é me chamar”.

‘Nem De Graça’, Pixote

Aqui no Reverb a gente é fã de Pixote e vamos combinar que “Nem De Graça” é um dos melhores pagodes dos anos 2010. Ganha o nosso coração nos primeiros versos, mas, em especial, quando Dodô canta o refrão: “Se essa boca não beijasse tão bem, se esse abraço não fosse tão massa. Se quer saber se eu quero outro alguém: nem de graça, nem de graça!”

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest