Em 10 de abril de 1962, morre Stu Sutcliffe, o quinto beatle
Especial

Em 10 de abril de 1962, morre Stu Sutcliffe, o quinto beatle

Os Beatles haviam começado a trilhar seu caminho para o sucesso, depois de terem fechado com o empresário Brian Epstein, mas tiveram que superar uma notícia que os deixou devastados — o escocês Stu Sutcliffe havia morrido na Alemanha no dia 10 de abril de 1962, com apenas 21 anos.

Nascido na Escócia, Stuart Sutcliffe foi para a Inglaterra ainda criança e teve uma infância problemática, culpa de um pai que saía de casa por dias sem dar notícia e abusava da esposa, além de bater no filho. Isso o fez buscar uma válvula de escape, o que o levou a estudar em uma escola de arte, onde conheceu o jovem John Lennon.

Lennon, fascinado pelo recém-descoberto rock and roll, havia começado a tocar em uma banda de skiffle — uma variação de folk que fazia sucesso na Inglaterra —, mas aos poucos foi trazendo seu trabalho para o rock e transformando seu grupo The Quarrymen no que depois se tornaria a banda mais conhecida e reconhecida da história.

Foi Stu quem ajudou Lennon a escolher o nome da nova banda — era uma brincadeira com os Crickets ("os grilos") que acompanhavam Buddy Holly. A princípio a banda se chamaria apenas The Beetles ("os besouros"), mas Lennon deu sua interferência criativa ao colocar um "a" no nome da banda — trocadilho com o termo "beat" (batida, ritmo, em inglês) e assim nasciam os Beatles.

Mas o nome da banda nem sempre foi tão curto. Começou como Long John and The Silver Beatles (referência ao personagem Long John Silver, o pirata do livro "A Ilha do Tesouro", de Robert Louis Stevenson), depois foi encurtado para The Silver Beatles e finalmente The Beatles. Sua formação, no entanto, já continha quase todos seus integrantes: a banda deixou de ser Quarrymen quando Lennon convidou Paul McCartney para entrar no grupo, que, por sua vez, chamou George Harrison. Eram três guitarristas que não queriam saber de tocar baixo, por isso John conseguiu convencer Stu, que mal sabia segurar um instrumento, a assumir esta função.

Tiveram vários bateristas até que Pete Best se estabeleceu no instrumento e os Beatles começaram a circular. Viajaram pelo norte da Inglaterra até, no início dos anos 1960, encontrar uma improvável conexão alemã, indo parar na zona do baixo meretrício de Hamburgo, tocando por horas a fio como banda residente em bares de strip-tease.

Foi ali que os Beatles ficaram bons de verdade. Fazendo shows diários de mais de seis horas e com toda a disposição da juventude a seu favor, o grupo se transformou em uma das bandas mais requisitadas da região e esta fama voltou para a Inglaterra, fazendo o grupo se tornar um dos nomes mais promissores da nova cena de rock inglesa — que não existia antes deles.

Mas Stu era um peixe fora d'água. Gostava da farra, mas não gostava tanto de rock como seus amigos — suas paixões eram a literatura e as artes plásticas. Encarava os Beatles como uma brincadeira entre amigos, um motivo para ganhar dinheiro se divertindo, mas nunca uma carreira. Nem gostava de tocar: além de apenas saber as notas básicas de cada acorde em seu baixo, ele não gostava de encarar o público — e começou tocando de costas, atrás dos três guitarristas, e de óculos escuros.

Mas em Hamburgo conheceu a fotógrafa Astrid Kirchherr, que logo se tornou sua namorada e que faria as primeiras fotos profissionais do grupo, ainda como um quinteto. Astrid também mudaria a história dos Beatles de forma radical: ao propor um novo penteado ao namorado, ela mesma cortou o seu topete fora, deixando a franja cobrir a testa e permitindo que o cabelo pudesse crescer abaixo das orelhas. Os outros integrantes da banda a princípio acharam engraçado e curioso, mas logo adotariam o mesmo visual — que nos anos seguintes seria conhecido como mop top, "o corte de cabelo beatle".

Quando os Beatles voltaram para a Inglaterra, Stu preferiu ficar na Alemanha para se dedicar às artes. Mas no início de 1962 começou a sentir dores de cabeça, que atribuiria a uma surra que tomou de uns alemães quando ainda estava nos Beatles. O grupo — e John, especificamente — gostava de fazer brincadeiras de mau gosto com os nativos da cidade, o que inevitavelmente os fazia sair na mão com eles. E isso provavelmente foi a causa do aneurisma fatal que Stu sofreu no início de 1962. Os Beatles ficaram sabendo da notícia apenas no dia 13 de abril, pela própria Astrid, ficaram devastados e ainda mais motivados para vencer como a primeira banda de rock da Inglaterra.

Um dos 'quinto beatle', Stu Sutcliffe morreu precocemente em 1962 / Foto: Getty Images
Um dos 'quinto beatle', Stu Sutcliffe morreu precocemente em 1962 / Foto: Getty Images

Quem nasceu

1947 - Bunny Wailer, cantor e compositor jamaicano

1948 - Fred Smith, baixista do grupo norte-americano Television

1950 - Ernest Stewart, tecladista do grupo norte-americano KC and the Sunshine Band (m. 1997)

1950 - Eddie Hazel, guitarrista dos grupos norte-americanos Parliament e Funkadelic (m. 1992)

1959 - Brian Setzer, cantor, guitarrista e compositor das bandas norte-americanas The Stray Cats e Brian Setzer Orchestra

1959 - Babyface, nascido Kenneth Edmonds, cantor e compositor

1959 - Katrina Leskanich, vocalista do grupo anglo-norte-americano Katrina And The Waves

1960 - Afrika Bambaataa, nascido Kevin Donovan, DJ e um dos pioneiros do hip hop

1963 - E, nascido Mark Oliver Everett, vocalista e guitarrista da banda norte-americana Eels

1964 - Reni, nascido Alan Wren, baterista do grupo inglês The Stone Roses

1970 - Q- Tip, nascido Kamaal Ibn John Fareed, rapper e vocalista do grupo norte-americano A Tribe Called Quest

1979 - Sophie Ellis Bextor, cantora inglesa

1984 - Mandy Moore, cantora e atriz norte-americana

Quem morreu

1979 - Nino Rota, compositor italiano de trilhas sonoras (n. 1911)

2003 - Little Eva, nascida Eva Narcissus Boyd, compositora norte-americana (n. 1943)

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest