Em 10 de janeiro de 1949, os singles eram lançados no mercado
Especial

Em 10 de janeiro de 1949, os singles eram lançados no mercado

0Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do Pinterest

Publicidade

Um pequeno artefato comercial, lançado no dia 10 de janeiro de 1949, mudaria completamente o curso da história depois de uma briga entre duas gravadoras por um formato definitivo para vender música. Foi a introdução do compacto (conhecido também como single) no mercado fonográfico. As vitrolas já estavam instaladas nas casas das pessoas, depois de um quarto de século de popularização da novíssima tecnologia de gravação de som (pense que, antes da virada do século XIX para o século XX, você só conseguia ouvir música se um instrumentista a tocasse na sua frente), mas os discos de 78 rotações, formato vigente, eram frágeis, se quebravam com muita facilidade e também se desgastavam com o uso, devido ao material utilizado: acetato ou goma-laca.

LEIA MAIS: As dez melhores lojas de discos do planeta — uma delas fica em São Paulo!

'BECAUSE YOU'RE MINE': O primeiro single em disco da história da música

As gravadoras norte-americanas, donas do maior mercado desta então nova tecnologia, começaram a trabalhar em suportes para a música que fossem feitos de outros materiais e que pudessem ser ouvidos nos toca-discos que existiam na casa dos consumidores, sem forçá-los a comprar um novo aparelho. As principais concorrentes eram a RCA e a Columbia, que dedicavam seus laboratórios de pesquisa a desenvolver este novo padrão. 

As duas chegaram, internamente, a soluções semelhantes: o microssulco gravado em discos feitos de vinil, material descartado pela indústria do petróleo. A Columbia começou antes: lançou em junho de 1948 um formato que tocava a 33 1/3 rotações por minuto em um formato imenso para a época, um disco de 30 centímetros (ou 17 polegadas), o Long Play (que depois se tornaria apenas LP). A RCA se viu obrigada a repensar sua estratégia, lançando uma resposta no dia 10 de janeiro de 1949: um formato que tocava a 45 rotações por minuto em discos de 17 centímetros (10 polegadas), chamado de single (no Brasil, compacto). Juntos, os dois respondiam a questão da durabilidade do disco, eram inquebráveis, se comparados aos discos de 78 RPM, e competiam fazendo uma pergunta ao público: você prefere ouvir uma simples canção ou uma obra mais longa? 

O grande atrativo dos LPs eram a possibilidade de registro de composições eruditas, que só podiam ser ouvidas em série, com o ouvinte sendo obrigado a trocar de lado e de disco caso quisesse ouvir algo que tivesse mais do que quatro ou cinco minutos. E foi justamente esta restrição tecnológica que popularizou o formato canção: logo, compositores, músicos e intérpretes começaram a compor e a gravar músicas que tivessem essa curta duração, criando as faixas como conhecemos hoje.

E a resposta do público foi a favor dos discos de 45 RPM. A canção ajudou a popularizar o mercado fonográfico e o single se tornou o carro-chefe desta indústria, com canções lançando artistas, celebridades e carreiras inteiras. Os LPs continuaram coexistindo, mas só vieram desabrochar nos anos 1960, quando chegaram a um meio termo entre as coleções de canções de artistas populares e longas e complexas obras de música erudita, quando a geração dos Beatles criou o álbum conceitual. Mas ai é outra história...

10/11/1956: A fase 2 de Elvis

Elvis Presley entra no estúdio da gravadora RCA, que havia comprado seu passe no ano anterior, e grava, entre outras canções, seu futuro hit "Heartbreak Hotel"

10/11/1969: Cansado dos Beatles

George Harrison deixa os Beatles em meio a brigas com Paul McCartney durante a gravação daquele que seria o disco de volta às origens da banda, "Get Back". O disco nunca foi lançado e só sairia um ano e meio depois, após o fim dos Beatles, com o título de "Let it Be".

10/11/1976: Último uivo

Morre o cantor de blues Howlin' Wolf, aos 66 anos.

10/11/1985: Cyndi no topo

A cantora Cyndi Lauper equivale um feito da cantora Bobbie Gentry de 1967 ao ser indicada em cinco categorias do prêmio Grammy após o estouro de "Girls Just Want To Have Fun": disco do ano, artista revelação, melhor vocalista feminina, gravação do ano e canção do ano.

10/11/2001: Psychobilly raiz

Morre o guitarrista Bryan Gregory, integrante da primeira formação do grupo Cramps, aos 46 anos.

10/11/2003: Rede de pirataria

Um carregamento com 500 fitas dos Beatles conhecido como "as sessões Get Back", roubados da gravadora EMI nos anos 1970, foi encontrado pela polícia inglesa, que conseguiu deter uma operação de gravações piratas entre Londres e Amsterdã, prendendo cinco pessoas.

10/11/2005: Psicodelia de luto

Morre o baterista Spencer Dryden, que tocou no Jefferson Airplane (e era sobrinho de Charlie Chaplin), aos 66 anos.

10/11/2008: Radiohead físico

O grupo inglês Radiohead chega ao topo da parada de discos mais vendidos após lançar a versão física do disco que haviam lançado apenas digitalmente no ano anterior, "In Rainbows". Na ocasião, o grupo não disse quanto custava o álbum e os fãs poderiam escolher quanto gostariam de pagar por ele — inclusive nada. Foi um sucesso.

10/11/2013: Montreux calado

Morre Claude Nobs, o fundador e diretor artístico do tradicional Montreux Jazz Festival, aos 76 anos. 

10/11/2016: Bowie sai de cena 

Morre David Bowie dois dias após o lançamento de seu disco mais recente, "Blackstar". Vítima de câncer no fígado, ele manteve-se prolífico em seus últimos anos embora tenha sumido da vida pública neste mesmo período. Estima-se que seus discos venderam 140 milhões de cópias.

10/11/2018: O último sobrevivente

Morre o guitarrista inglês Eddie Clarke, último integrante vivo da formação clássica do Motörhead.

Parabéns!

Os aniversariantes deste dia 10 incluem o compositor brasileiro Lamartine Babo (1904-1963), o cofundador da gravadora Atlantic Jerry Wexler (1917-2008), o ícone teen norte-americano Johnnie Ray (1927-1990), o cantor e compositor Scott McKenzie (1939-2012), o cantor Rod Stewart (1945), o vocalista e tecladista do Steely Dan Donald Fagen (1948), a cantora Pat Benatar (1953), a vocalista do grupo Chic Luci Martin (1955), o guitarrista dos Pixies Joey Santiago (1965), o vocalista do grupo Kriss Kross Chris Smith (1979) e o vocalista do grupo canadense Magic! Nasri Tony Atweh (1981). 

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest