Em 16 de maio de 1966, os Beach Boys lançam ‘Pet Sounds’ e Bob Dylan, ‘Blonde on Blonde’: dois clássicos
Especial

Em 16 de maio de 1966, os Beach Boys lançam ‘Pet Sounds’ e Bob Dylan, ‘Blonde on Blonde’: dois clássicos

Publicidade

Ninguém combinou nada, foi pura obra do acaso que o dia 16 de maio de 1966 assistiu ao lançamento de dois clássicos que mudariam a história do rock e da música pop, quando tanto os Beach Boys lançaram seu "Pet Sounds" quanto Bob Dylan lançou seu "Blonde on Blonde".

LEIA MAIS: Em 26 de março de 1991, Bob Dylan começa a oficializar seus discos piratas

VEJA TAMBÉM: Em 4 de novembro de 1966, os Beach Boys lançam 'Good Vibrations'

O disco de Dylan encerrava a trilogia elétrica que o tornou herege para seus primeiros fãs. Bardo do folk norte-americano no início dos anos 1960, ele foi eleito pelo público como porta-voz de sua geração, título que repudiava. Começou a fazer canções de protesto contra o governo dos EUA e sua popularidade aumentou ainda mais. Incomodado, resolveu aposentar o violão e pegar a guitarra elétrica, instrumento considerado pária para os músicos da cena folk. Seu ídolo tocando uma guitarra era uma visão do inferno para os crentes daquela cena e Dylan abraçou esta nova fase com um sorriso, ciente que finalmente estava se livrando dos fãs mais obtusos. 

Bob Dylan e sua guitarra: astro do folk sabia que mudança não cairia bem aos olhos de alguns fãs / Foto: Getty Images
Bob Dylan e sua guitarra: astro do folk sabia que mudança não cairia bem aos olhos de alguns fãs / Foto: Getty Images

Mal sabia que o trio de discos iniciado com "Bringing it All Back Home", continuado em "Highway 61 Revisited" (ambos de 1965) e encerrado com "Blonde on Blonde" o transformariam em outro tipo de ícone, o da cena roqueira, que abraçara o antigo ídolo folk como o equivalente cultural norte-americano dos Beatles, em se tratando das movimentações daquela década. O disco lançado em 1966 apenas cimentava aquela nova fase ao ser o primeiro disco duplo lançado. O sucesso do álbum faria Dylan se recolher do público após um mal explicado acidente de motocicleta, fazendo-o sumir do mundo do showbusiness por quase três anos. 

Bob Dylan durante entrevista no Hotel Savoy, em Londres, em 1966 / Foto: Getty Images
Bob Dylan durante entrevista no Hotel Savoy, em Londres, em 1966 / Foto: Getty Images

Já o disco dos Beach Boys marcava o início de uma transformação estética do grupo. Eles já haviam iniciado esta nova fase quando um de seus fundadores, o baixista e tecladista Brian Wilson, decidiu parar de fazer turnês ao vivo com o grupo para dedicar-se apenas ao trabalho no estúdio, compondo e produzindo os discos. Isso levou Brian Wilson a um outro patamar musical, que o fez pensar em canções pop como pequenas sinfonias, passando a criar arranjos delicados e suntuosos para canções que agora falavam de frustrações amorosas e inseguranças da fase adulta e não mais de praias, carros e diversão.

Beach Boys: Bruce Johnston, Carl Wilson, Al Jardine e Mike Love se apresentam em Londres, em 1966 / Foto: Getty Images
Beach Boys: Bruce Johnston, Carl Wilson, Al Jardine e Mike Love se apresentam em Londres, em 1966 / Foto: Getty Images

"Pet Sounds" era a materialização daquela nova fase, um disco clássico no sentido erudito do termo, com cordas, metais e experimentos no estúdio que viriam inspirar Paul McCartney a conceber a ideia da obra-prima dos Beatles, "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band". "Pet Sounds" é um disco influente até hoje e ensina aos jovens artistas como crescer sem perder a ternura. É impressionante que estes dois álbuns tenham sido lançados exatamente no mesmo dia. 

Quem nasceu

1913 - Woody Herman, clarinetista e saxofonista norte-americano (m. 1987)

1919 - Liberace, nascido Władziu Valentino Liberace, músico, cantor e compositor norte-americano (m. 1987)

1929 - Betty Carter, cantora norte-americana (m. 1998)

1936 - Corinthian "Kripp" Johnson, cantor do grupo norte-americano The Dell-Vikings (m. 1990)

1944 - Billy Cobham, baterista panamenho

1946 - Roger Earl, baterista dos grupos ingleses Foghat e Savoy Brown

1946 - Robert Fripp, guitarrista fundador do grupo inglês King Crimson

1947 - Darrell Sweet, baterista do grupo inglês Nazareth (m. 1999)

1947 - Barbara Lee, vocalista do grupo norte-americano The Chiffons (m. 1992)

1949 - William "Sputnik" Spooner, guitarrista do grupo norte-americano Grateful Dead

1951 - Jonathan Richman, líder, cantor, compositor e guitarrista do grupo norte-americano The Modern Lovers

1962 - Andrew Innes, guitarrista da banda escocessa Primal Scream 

1965 - Krist Novoselic, baixista do grupo norte-americano Nirvana

1966 - Janet Jackson, cantora e compositora norte-americana

1973 - Will White, produtor e compositor da dupla inglesa Propellerheads 

Quem morreu

1953 - Django Reinhardt, violonista e compositor belga (n. 1910)

1981 - Ernie Freeman, pianista e arranjador norte-americano (n. 1922)

1990 - Sammy Davis Jr., cantor, ator e comediante norte-americano (n. 1925)

1993 - Marv Johnson, cantor norte-americano (n. 1938)

2001 - Brian Pendleton, guitarrista do grupo inglês The Pretty Things (n. 1944)

2010 - Ronnie James Dio, nascido Ronald James Padavona, vocalista norte-americano do grupo inglês Black Sabbath (n. 1942)

2012 - Chuck Brown, músico, guitarrista e cantor norte-americano (n. 1936)

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest