Em 2 de abril de 1983, morre Clara Nunes
Especial

Em 2 de abril de 1983, morre Clara Nunes

Publicidade

Foi um mês de especulações e teorias da conspiração que inquietou o país. Um mês de março tenso, que começou com uma má notícia e entrou em abril com uma pior ainda, quando o público soube, no dia 2 de abril de 1983, que a sambista Clara Nunes havia morrido.

DISCOGRAFIA PERDIDA DA MPB: Álbum raro da Portela será lançado após 60 anos de esquecimento

LEIA TAMBÉM: Em 4 de fevereiro de 1959, nasce Zeca Pagodinho

O sofrimento da cantora começou no dia 5 de março daquele ano, quando ela se submeteu a uma cirurgia que estava adiando fazia tempo por causa do carnaval, que aquele ano terminaria no dia 15 de fevereiro. Vaidosa, a nova dama do samba se incomodava com as varizes que tinha nas pernas e resolveu ser internada para resolver aquela questão estética, mesmo sendo dissuadida por amigas, como a atriz Bibi Ferreira, que considerava a preocupação superficial — principalmente devido ao risco de vida que correria num procedimento tão banal.

Dispensou a carona do marido e compositor Paulo César Pinheiro e foi para a Clínica São Vicente, na Gávea, no Rio de Janeiro, onde já se dirigiu para seu quarto. Na clínica, além de ser reconhecida e causar euforia por onde passava, ouviu a equipe médica tentar dissuadi-la da anestesia geral, mas ela ficou contrariada e disse que só faria se fosse daquela forma. A cirurgia estava acontecendo normalmente, quando houve uma queda de pressão arterial e a cantora teve uma parada cardíaca. Os médicos tentaram ressuscitá-la, mas ela entrou em coma e foi transferida para o centro de tratamento intensivo da clínica, onde ficou até sua morte, quase um mês depois.

Enquanto estava em coma, todo o tipo de teorias surgiu para justificar o que havia acontecido com a cantora: que ela havia tentado fazer um aborto, que estava tentando fazer inseminação artificial, que havia tentado o suicídio, que havia sido espancada pelo marido e que o problema com a anestesia, o choque anafilático que a obrigou ser induzida ao coma, havia sido causado pelo problema da cantora com álcool e drogas.

Vários amigos artistas foram visitar a cantora neste mês de vigília, entre eles Paulinho da Viola, Luiz Ayrão, Beth Carvalho, Chico Buarque, Alcione, Elza Soares, Elizeth Cardoso, Dori Caymmi, Grande Otelo, João Nogueira, Dona Zica, Mauro Duarte, Fafá de Belém, Marieta Severo e Baby Consuelo. Esta última causou ao querer entrar com o curandeiro Thomas Green Morton, sendo impedida pelo próprio marido da cantora.

O velório de Clara Nunes aconteceu na quadra de sua escola de samba do coração, a Portela, reunindo mais de 50 mil fãs que vieram despedir-se da cantora. As rádios de todo o país tocavam suas músicas sem parar e ela foi sepultada no Cemitério São João Batista, em Botafogo, no final daquele mesmo dia.

Quem nasceu

1928 - Serge Gainsbourg, nascido Lucien Ginsburg, cantor e compositor francês (m. 1991)

1939 - Marvin Gaye, cantor e compositor norte-americano (m. 1984)

1941 - Leon Russell, cantor e compositor norte-americano (m. 2016)

1946 - Kurt Winter, guitarrista do grupo canadense Guess Who (m. 1997)

1947 - Emmylou Harris, cantora e compositora norte-americana

1952 - Leon Wilkeson, baixista da banda norte-americana Lynyrd Skynyrd (m. 2001)

1953 - David Robinson, baterista do grupo norte-americano The Cars

1956 - Gregory Abbott, cantor norte-americano

1966 - Supla, nascido Eduardo Smith de Vasconcellos Suplicy, cantor, ator e apresentador de televisão paulista

1967 - Greg Camp, guitarrista e vocalista da banda norte-americana Smash Mouth

1979 - Jesse Carmichael, tecladista do grupo norte-americano Maroon 5

Quem morreu

1987 - Buddy Rich, baterista norte-americano (n. 1917)

1996 - Guitar Gabriel, nascido Robert Lewis Jones, guitarrista norte-americano (n. 1925)

1998 - Robert Pilatus, "vocalista" do grupo morte-americano Milli Vanilli (n. 1965)

2003 - Edwin Starr, cantor norte-americano (n. 1942)

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest