Em 2 de junho de 2005, Alex Kapranos, do Franz Ferdinand, é confundido com um espião britânico em Moscou
Especial

Em 2 de junho de 2005, Alex Kapranos, do Franz Ferdinand, é confundido com um espião britânico em Moscou

Era mais um dia na vida de um jovem astro do rock em ascensão: o grupo escocês Franz Ferdinand havia acabado de fazer shows na Rússia e estava embarcando de volta para outra série de apresentações na capital de seu país, quando, o vocalista, guitarrista e principal compositor da banda, Alex Kapranos, foi detido no aeroporto de Domodedovo, em Moscou, no dia 2 de junho de 2005, acusado de ser um agente do serviço secreto britânico.

O quarteto Franz Ferdinand havia surgido no início do século e fazia parte da resposta britânica à nova onda americana de bandas de rock que fizeram o gênero voltar a respirar no início do século, com grupos como Strokes, Interpol, Yeah Yeah Yeahs, Killers, TV on the Radio, Liars, Rapture e White Stripes, quase todos crescidos em Nova York. Este novo indie rock reverberou do outro lado do Atlântico através de bandas inglesas como Arctic Monkeys, Bloc Party, Libertines, Futureheads, Kaiser Chiefs e, claro, os escoceses do Franz Ferdinand.

Alex Kapranos só conseguiu convencer que não era o espião quando descobriu que era 13 anos mais novo que o procurado / Foto: Getty Images
Alex Kapranos só conseguiu convencer que não era o espião quando descobriu que era 13 anos mais novo que o procurado / Foto: Getty Images

Comparados com as outras bandas desta geração, os escoceses eram quase eruditos. Citavam o movimento construtivista russo do início do século 20 nas capas de seus discos, enquanto faziam referência à poesia, ao dadaísmo, às artes plásticas e à história - tiraram seu nome do arquiduque austríaco cujo assassinato deu origem à Primeira Guerra Mundial. Mesmo assim foram uma das principais bandas em termos de popularidade do período, puxados pelo hit "Take Me Out".

O incidente no aeroporto de Moscou, portanto, parecia saído do imaginário da banda, com desdobramentos políticos secretos do outro lado da antiga cortina de ferro. Tudo porque o vocalista da banda, para evitar ser reconhecido pelos fãs, resolveu embarcar usando o sobrenome de solteiro de sua mãe, Huntley, que o acionou como um espião procurado pelo serviço secreto russo.

Alex Kapranos toca com o Franz Ferdinand em show em São Paulo, em 2018 / Foto: Getty Images
Alex Kapranos toca com o Franz Ferdinand em show em São Paulo, em 2018 / Foto: Getty Images

Alex Huntley era um dos pseudônimos usados pelo agente do MI6 britânico Richard Tomlinson, o que causou a confusão e deixou o vocalista do grupo detido no aeroporto enquanto seus companheiros de banda, Bob Hardy, Nick McCarthy e Paul Thomson foram forçados a entrar no voo que ia para Londres, na Inglaterra, sem ter notícias do amigo.

Kapranos só conseguiu convencer que não era o espião procurado quando descobriu que Tomlinson era treze anos mais velho que ele e fez os agentes russos ler matérias sobre seu grupo, que tinha apresentações marcadas em Edimburgo, na Escócia. O líder do Franz Ferdinand foi finalmente liberado após um susto que ninguém gostaria de passar.

Quem nasceu

1857 - Edward Elgar, compositor inglês (m. 1934)

1934 - Germano Mathias, cantor e compositor paulistano

1936 - Otis Williams, cantor do grupo norte-americano The Charms

1941 - Charlie Watts, baterista do grupo inglês The Rolling Stones

1941 - William Guest, vocalista do grupo norte-americano Gladys Knight & The Pips (m. 2015)

1948 - Meire Pavão, cantora paulista (m. 2008)

1952 - Pete Farndon, baixista do grupo inglês The Pretenders (m. 1983)

1954 - Diana, cantora carioca

1955 - Michael Steele, baixista dos grupos norte-americanos The Runaways e The Bangles

1960 - Tony Hadley, vocalista do grupo inglês Spandau Ballet

1962 - Thor Eldon Jonsson, guitarrista do grupo islandês The Sugarcubes

1970 - B-Real, nascido Louis Mario Freese, rapper do grupo norte-americano Cypress Hill

1976 - Tim Rice-Oxley, tecladista do grupo inglês Keane

1980 - Fabrizio Moretti, baterista brasileiro do grupo norte-americano Strokes

Quem morreu

1969 - Albert Stinson, baixista norte-americano (n. 1944)

1987 - Andrés Segovia, violonista espanhol (n. 1893)

1997 - Adolphus "Doc" Cheatham, trumpetista norte-americano (n. 1905)

1999 - Junior Braithwaite, que cantava com os Wailers de Bob Marley (n. 1949)

2000 - Adolph Hofner, músico e band-leader norte-americano (n. 1916)

2002 - Boyd Bennett, do grupo norte-americano the Rockets (n. 1924)

2006 - Vince Welnick, tecladista dos grupos norte-americanos The Tubes e Grateful Dead (n. 1951)

2008 - Bo Diddley, nascido Ellas McDaniel, guitarrista, cantor, compositor norte-americano e pioneiro do rock (n. 1928)

2011 - Ray Bryant, compositor e pianista norte-americano (n. 1931)

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest