Em 23 de abril de 2002, o Wilco finalmente lança o álbum ‘Yankee Hotel Foxtrot’
Especial

Em 23 de abril de 2002, o Wilco finalmente lança o álbum ‘Yankee Hotel Foxtrot’

Publicidade

O dia 23 de abril de 2002 marcou não apenas o lançamento do quarto disco do grupo norte-americano Wilco, "Yankee Hotel Foxtrot", mas também o fim de uma saga que começou no início do ano anterior e mudou completamente os rumos da banda

LEIA MAIS: Em 12 de abril de 1983, o R.E.M. lança seu primeiro disco, 'Murmur'

'PLAY IT LOUD': A exposição de instrumentos musicais lendários em Nova York

O álbum começou a ser planejado no final do ano 2000 com o título de "Here Comes Everybody", mas logo que o grupo entrou no estúdio para gravá-lo, em janeiro do ano seguinte, uma série de questões passou a incomodar o líder da banda, seu principal compositor e vocalista Jeff Tweedy

A primeira questão dizia respeito à percussão do grupo. Jeff queria explorá-lá, mas sempre esbarrava na irredutibilidade do baterista Ken Coomer, que tirava todas as sutilezas que o compositor queria que permanecessem nas canções. O conflito culminou com o chamado do baterista Glenn Kotche, indicado pelo guitarrista Jim O'Rourke, que Tweedy havia conhecido no ano anterior, para ajudar o grupo a gravar outro tipo de percussão — além do estilo tradicional de seu baterista (que seria demitido no final da gravação do disco).

Jeff Tweedy, líder do Wilco, em foto de fevereiro de 2002 / Foto: Getty Images
Jeff Tweedy, líder do Wilco, em foto de fevereiro de 2002 / Foto: Getty Images

Tweedy e O'Rourke se conheceram no festival Noise Pop, em Chicago, nos EUA. Naquela época, o Wilco estava divulgando "Mermaid Avenue", gravado com o cantor, compositor e ativista inglês Billy Bragg a partir de canções inéditas feitas por Woody Guthrie, o papa da música de protesto folk norte-americana. Àquela época, o Wilco era considerado um dos principais nomes de um subgênero batizado de alt-country, que revisitava a música country norte-americana com uma visão menos retrô e mais contemporânea.

Ao conhecer O'Rourke, Tweedy ficou encantado com as possibilidades sonoras que ele lhe apresentou, bem como entusiasmado com a chance de trabalhar com o autor de um disco que vinha ouvindo com frequência, "Bad Timing", o primeiro de canções convencionais feito por Jim, antes de ele se tornar o quinto integrante do grupo noise norte-americano Sonic Youth.

Além de indicar um novo percussionista, O'Rourke também foi chamado por Tweedy para mixar uma das músicas do álbum. Ele andava insatisfeito com o trabalho do outro guitarrista da banda, Jay Bennett, que fazia às vezes de produtor do disco. Mas Tweedy queria experimentar enquanto Bennett preferia uma sonoridade convencional, o que acabou fazendo os dois entrarem numa disputa, que culminou com a saída de Bennett da banda. Antes de sair do grupo, ele deixou O'Rourke trabalhar em uma das músicas do álbum — a faixa que abre o disco, "I Am Trying to Break Your Heart" — e ficou impressionado com o resultado.

Outro problema atingiu o grupo: sua gravadora Reprise foi atingida pela compra da empresa Time Warner pelo portal America On Line, o que resultou em 600 demissões no selo, inclusive o cargo do presidente Howie Klein, grande entusiasta da banda. Ao ouvir o que seria o novo disco, a gravadora preferiu abrir mão do lançamento e depois de algumas discussões sobre direitos autorais, a Reprise cedeu o disco de graça para o grupo, num feito raro na história da indústria fonográfica. 

Sem selo, o grupo passou a apresentar o trabalho para outras gravadoras, mas Tweedy não queria que isso atrasasse o lançamento do disco, previsto — ironicamente — para o dia 11 de setembro de 2001, o dia do atentado ao World Trade Center, em Nova York (dando origem a todo o tipo de teoria da conspiração, uma vez que o disco do Wilco traz duas torres gêmeas — o prédio Marina City, em Chicago — na capa). As faixas vazaram antes do lançamento e aos poucos os fãs sabiam cantar as músicas que estavam sendo apresentadas pela primeira vez nos shows. Isso obrigou o grupo a acelerar o processo de lançamento do projeto, tornando-o público no dia 18 de setembro de 2001, colocando o álbum em streaming em seu próprio site, num feito histórico, que tornou a banda ainda mais conhecida na então incipiente internet.

O lançamento de fato só veio acontecer no ano seguinte, quando “Yankee Hotel Foxtrot" já era conhecido do público. Isso não afetou suas vendas ou a repercussão junto à crítica, ambas positivas. E ajudou a tirar o Wilco do mundo do alt-country e o trouxe para o centro do rock independente norte-americano, trono em que ainda segue sentado, quase duas décadas depois.

Quem nasceu

1897 - Pixinguinha, nascido Alfredo da Rocha Viana, Jr., músico e compositor carioca (m. 1973)

1918 - Geraldo Pereira, sambista e compositor carioca (m. 1955)

1936 - Roy Orbison, cantor e compositor norte-americano (m. 1988)

1942 - Jorge Antunes, compositor e maestro carioca

1955 - Captain Sensible, nascido Ray Burns, vocalista do grupo inglês The Damned

1960 - Leo Jaime, cantor, compositor e ator goiano

1960 - David Gedge, vocalista e guitarrista do grupo inglês The Wedding Present

1960 - Steve Clark, guitarrista do grupo inglês Def Leppard (m. 1991)

1964 - Simon Matthews, baterista do grupo inglês Jesus Jones 

1967 - Roberto Minczuk, maestro paulistano

Quem morreu

1986 - Harold Arlen, compositor norte-americano (n. 1905)

1991 - Johnny Thunders, cantor e guitarrista do grupo norte-americano The Heartbreakers e New York Dolls (n. 1952)

2012 - Chris Ethridge, baixista dos grupos norte-americanos International Submarine Band e The Flying Burrito Brothers (n. 1947)

2017 - Jerry Adriani, nascido Jair Alves de Sousa, ator e cantor brasileiro (n. 1947)

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest