Em 24 de fevereiro de 2004, sites no mundo todo desobedecem a lei para distribuir o disco que mistura Beatles com Jay-Z
Especial

Em 24 de fevereiro de 2004, sites no mundo todo desobedecem a lei para distribuir o disco que mistura Beatles com Jay-Z

O DJ inglês Brian Burton misturou as bases do “Álbum Branco” dos Beatles com os vocais do “Black Album” do rapper Jay-Z, em fevereiro de 2004, por pura diversão. Estava brincando com a ascensão de um novo tipo de remix, o mashup, que confrontava duas canções conhecidas em uma só faixa, e elevava o conceito ao misturar dois discos inteiros e não apenas músicas isoladas. Ele brincava, também, com as cores dos dois álbuns escolhidos para criar um terceiro, o “Grey Album”, o “Álbum Cinza”.

Lançou-o com o tiragem limitada apenas para deixar registrado o experimento, mas os advogados dos Beatles não gostaram da brincadeira e saíram atrás dos exemplares à venda, além de derrubar os sites que hospedaram a versão em MP3. Até que o grupo inglês de ativismo digital Downhill Battle, que alegava que os poderes das quatro grandes gravadoras do mundo caracterizava um oligopólio no mercado fonográfico, planejou uma ação coletiva e pediu para sites em todo o mundo hospedarem o conteúdo daquele disco para que mais pessoas pudessem ouvi-lo. Foi instituído então que o dia 24 de fevereiro de 2004 fosse chamado de "Grey Thursday" (quinta cinza), um experimento de desobediência civil online que popularizou ainda mais o disco e transformou seu autor, que assinara o projeto com o nome de DJ Danger Mouse, em um popstar global quase instantaneamente.

A quinta-feira cinzenta teve adesões em todo o planeta e o próprio Danger Mouse colocou o disco em seu site para download gratuito, transformando o álbum em um sucesso da noite para o dia. Várias discussões foram levantadas a respeito da validade legal da ação da gravadora EMI, que, no fim das contas, reprimia a criatividade com uma desculpa comercial. O experimento, bem sucedido, colocou o “Grey Album” no topo da lista de melhores discos do ano da revista "Entertainment Weekly" bem como lançou a carreira de Danger Mouse, que aproveitou o sucesso para mostrar serviço. Juntou-se com o rapper Cee-lo Green, do grupo Goodie Mob e juntos formaram a dupla Gnarls Barkley, que estreou dois anos depois, com o irresistível hit "Crazy". Na mesma época os Bestles lançavam seu próprio disco de mashups, “Love”.


24 de fevereiro de 1975: O auge do Led

O Led Zeppelin lança seu sexto álbum, o duplo "Physical Graffiti", que quase viu o fim da formação clássica banda quando o baixista e tecladista do grupo, John Paul Jones, por pouco não deixou o grupo ao receber o convite para ser o maestro do coral da Catedral de Winchester. O disco é considerado o auge da banda liderada por Jimmy Page.


24 de fevereiro de 1992: Casamento grunge

Com uma ministra conduzindo a cerimônia, no Havaí, Kurt Cobain casa-se com Courtney Love, tornando oficial o laço que os transformaria em um dos casais mais importantes da década na música pop. No final daquele ano, ela anunciaria que estava grávida do líder do Nirvana.

24 de fevereiro de 1998: Sir Elton

Em uma cerimônia realizada no Palácio de Buckingham, na Inglaterra, o cantor e compositor Reginald Dwight foi nomeado Cavaleiro da Rainha e juntou-se ao time de Tom Jones, Paul McCartney e Cliff Richard, podendo se referir a si mesmo como Sir Elton John. John Lennon e David Bowie também foram nomeados para receber o título, mas recusaram.

24 de fevereiro de 2009: Uma moeda para o Duke

A casa da moeda norte-americana lança uma nova moeda que homenageia o compositor, pianista e maestro norte-americano Duke Ellington

Quem nasceu

1942 - Paul Jones, cantor e gaitista do grupo inglês Manfred Mann

1944 - Nicky Hopkins, tecladista que tocou com os Rolling Stones, Jeff Beck, Beatles, John Lennon, The Who, entre outros (m. 1994)

1947 - Lonnie Turner, baixista da banda norte-americana Steve Miller Band

1962 - Michelle Shocked, cantora e compositora norte-americana

1973 - Chris Fehn, percussionista do grupo Slipknot

1974 - Chad Hugo, metade da dupla de produtores The Neptunes

Quem morreu

1988 - Memphis Slim, pianista de blues norte-americano (n. 1915)

1990 - Johnnie Ray, cator e compositor norte-americano (n. 1927)

2004 - Estelle Axton, fundadora da gravadora Stax (n. 1918)

2014 - Franny Beecher, guitarrista do grupo norte-americano Bill Haley & His Comets (n. 1921)

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest