Em 26 de abril de 1977, é inaugurado o Studio 54, a meca da disco music
Especial

Em 26 de abril de 1977, é inaugurado o Studio 54, a meca da disco music

O número 254 do lado oeste da rua 54 em Manhattan, Nova York, nos Estados Unidos, já teve diferentes facetas, mas entrou para a história da música ao abrigar, a partir do dia 26 de abril de 1977, a casa noturna Studio 54, meca da disco music no final dos anos 1970.

O prédio começou como uma casa de ópera criada por seu proprietário, Fortune Gallo, em 1927, que a princípio chamou-se Gallo Opera House para depois se tornar apenas Gallo Theatre. Mudou de dono e foi rebatizado como The New Yorker Theatre, em 1937, até ser vendido para a emissora de televisão CBS e se transformar no Studio 52, em 1943. De lá, vários programas clássicos norte-americano de TV eram transmitidos, tornando o endereço conhecido do grande público.

Quando a CBS moveu todas suas instalações para o Ed Sullivan Theatre e para o CBS Broadcast Center, ambos em Nova York, em 1976, o prédio começou a ser alugado para a realização de festas e quase foi comprado pelo arquiteto Frank Lloyd, que desistiu da ideia ao perder nove milhões de dólares em um processo para o pintor Mark Rothko. Quem adquiriu o local foram os empreendedores Steve Rubell e Ian Schrager, que transformaram o espaço em uma casa noturna, batizada de Studio 54.

Steve Rubell ao lado de Michael Jackson, Steven Tyler e Cherie Currie no Studio 54 / Foto: Getty Images
Steve Rubell ao lado de Michael Jackson, Steven Tyler e Cherie Currie no Studio 54 / Foto: Getty Images

O Studio 54 sentia o pulso de sua época ao sintonizar a frequência da disco music, consagrando para o público do jet set nova-iorquino uma série de novidades que o gênero já desenvolvia no underground. Além de musicalmente aberto para gêneros musicais tão diferentes quanto o rock, a música latina, a música africana e a música eletrônica, o Studio 54 não tinha apresentações de músicos, e sim DJs, que sincronizavam uma música na outra sem fazer o público parar de dançar. A própria forma de dançar solto na pista — e não mais em casais — era outra grande novidade da época.

Mas o que atraía o público e as atenções para o Studio 54 era o glamour exagerado que também tornou-se associado à disco music, além de uma frequência estelar: Elton John, Richard Pryor, Divine, Lou Reed, Geraldo Rivera, Woody Allen, Grace Jones, Andy Warhol, David Bowie, Mick e Bianca Jagger, Rick James, Freddie Mercury, Mikhail Baryshnikov, Liza Minnelli, Farrah Fawcett, Tina Turner, Valentino, Timothy Leary, Bette Midler, Diana Ross, Brooke Shields, Debbie Harry, Michael Jackson, Jacqueline Bisset, Truman Capote, Cher, Salvador Dalí, Tom Jones, Donald e Ivana Trump, Faye Dunaway, Al Pacino, Sylvester Stallone, Dolly Parton, Elizabeth Taylor e John Travolta, entre outros, faziam parte da clientela do lugar.

O clube fechou quando a receita federal norte-americana descobriu que seus donos sonegavam impostos. Os dois assumiram a culpa e foram presos por treze meses, não sem antes fazer uma enorme festa de despedida em fevereiro de 1980, com Diana Ross e Liza Minelli fazendo um dueto no fim da noite.

Depois de seu fechamento, a boate tentou ser reaberta primeiro com seu nome original, depois como The Ritz, que funcionou até 1994. Finalmente, o clube voltou às origens teatrais ao ser reinaugurado como o teatro Roundabout, que funciona até hoje. O segundo andar abriga um clube conhecido como Upstairs at Studio 54, revivendo aqueles dias de ouro, mas sem nunca chegar aos pés de seus dias de glória.

Pista de dança do Studio 54 lotada em registro feito em outubro de 1981 / Foto: Getty Images
Pista de dança do Studio 54 lotada em registro feito em outubro de 1981 / Foto: Getty Images

Quem nasceu

1886 - Ma Rainey, nascida Gertrude Malissa Nix Pridgett, cantora norte-americana de blues (m. 1939)

1915 - Johnny Shines, guitarrista norte-americano (m. 1992)

1925 - Jorgen Ingmann, guitarrista dinamarquês de jazz (m. 2015)

1938 - Duane Eddy, guitarrista norte-americano

1940 - Giorgio Moroder, cantor, compositor, produtor e DJ italiano

1945 - Tony Murray, baterista da banda inglesa The Troggs

1960 - Roger Taylor, baterista do grupo inglês Duran Duran

1961 - Chris Mars, baterista do grupo norte-americano The Replacements

1970 - Tionne "T-Boz" Watkins, vocalista do grupo norte-americano TLC

1975 - Nathan "Joey" Jordison, baterista do grupo norte-americano Slipknot

1976 - Jose Pasillas, baterista do grupo norte-americano Incubus

1981 - Diogo Nogueira, cantor carioca

Quem morreu

1984 - Count Basie, pianista e band-leader norte-americano (n. 1904)

1997 - Ernest Stewart, tecladista da banda norte-americana KC and the Sunshine Band (n. 1950)

1999 - Adrian Borland, cantor, compositor e guitarrista das bandas inglesas The Sound e The Outsiders (n. 1957)

2011 - Phoebe Snow, cantora e compositora norte-americana (n. 1950)

2013 - George Jones, cantor e compositor norte-americano (n. 1931)

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest