Em 3 de dezembro de 1961, os Beatles conheciam Brian Epstein
Especial

Em 3 de dezembro de 1961, os Beatles conheciam Brian Epstein

0

Publicidade

A vida é feita de muitos detalhes, mas este que aconteceu no dia 3 de dezembro de 1961 talvez tenha sido um dos mais importantes da história dos Beatles — e consequentemente da música. Este foi o dia em que eles deixariam de ser a banda mais popular de Liverpool, na Inglaterra, para se tornarem os maiores artistas da história da cultura pop: pois foi quando eles conheceram o homem que mudaria suas vidas: Brian Epstein.

Filho de bem sucedidos comerciantes, o jovem vendedor havia conseguido que o pai criasse em uma de suas lojas em Liverpool, a Nems, uma divisão para vender discos, aquela novidade dos anos 1950 que parecia ter chegado com força ao Reino Unido. Era uma forma de Brian ficar a par das novidades que estavam acontecendo: no mundo, na Inglaterra ou em sua cidade. Até que ele foi abordado, mais de uma vez, por jovens locais perguntando pelo disco que uma banda da cidade havia gravado na Alemanha. Brian nunca tinha ouvido falar dos Beatles e não tinha a versão de "My Bonnie" que os ingleses gravaram com Tony Sheridan em sua temporada em Hamburgo. Mas logo quis saber quem eram aqueles garotos e ficou impressionado com a força do grupo e o impacto que eles causavam sobre seu público. Após assistir a uma apresentação ao vivo do grupo no Cavern Club, Brian resolveu marcar uma conversa com a banda.

Naquele dia 3 de dezembro, John Lennon, George Harrison e o então baterista Pete Best chegaram atrasados para a reunião às 16h, sem Paul McCartney, que havia acordado tarde e estava "tomando um banho", segundo George. Brian lapidaria a imagem da banda e abriria as portas em Londres para o grupo, além de agendar turnês pela Inglaterra, pavimentando o caminho para o sucesso dos Beatles.

3/12/1947: O primeiro overdub

Como a cantora norte-americana Patti Page não conseguia achar cantores para fazer vocais de apoio em sua faixa "Confess" (pois havia uma greve em andamento), ela decidiu a acatar a sugestão do engenheiro de som da Mercury Records, Bill Putnam, e ela mesma gravou as partes que acompanhavam a sua voz principal na canção, criando assim o primeiro overdub (sobreposição) de gravação da história da música.

3/12/1965: O começo da mudança

Os Beatles lançam seu sexto disco, "Rubber Soul", que começa a mostrar uma lenta transformação que culminaria com o clássico "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" dois anos mais tarde, com canções influenciadas por Bob Dylan e a primeira vez que George Harrison utiliza a cítara indiana.

3/12/1966: Condenado

Ray Charles é condenado a cumprir cinco anos de prisão domiciliar e a pagar uma multa de US$ 10 mil depois de ser considerado culpado por posse de heroína e maconha.

3/12/1968: Volta por cima

O especial "Elvis", exibido pela emissora norte-americana NBC, ressuscita a carreira de Elvis Presley, cuja reputação havia sido abalada pelo impacto da psicodelia e do rock pesado do final dos anos 1960. Posteriormente, o programa ficaria conhecido como "Elvis 1968 Comeback Special" e entraria para a história especialmente pela sequência em que, todo vestido de couro preto, tocava no meio do público seus hits num clima mais informal. O programa terminava com uma homenagem ao senador Robert Kennedy (recém-assassinado) com a música "If I Can Dream".

3/12/1969: Com muito soul

Os Rolling Stones gravam "Brown Sugar" no estúdio Muscle Shoals, que chegou ao topo das paradas nos Estados Unidos e na Inglaterra.

3/12/1976: Atentado na Jamaica

Bob Marley é vítima de um atentado quando sete homens armados invadem sua casa em Kingston, na Jamaica, atirando em tudo, acertando também sua mulher Rita e seu empresário Don Taylor. O crime teria tido motivações políticas, mas até hoje não se sabe quem foram os mandantes.

3/12/1999: Arquivo encontrado

Bono Vox consegue recuperar seu laptop, que continha as músicas para o próximo disco do U2. O computador foi roubado e revendido, mas seu comprador, que pagou £ 300 pelo aparelho, reconheceu que aquele computador era o do líder do U2 e entrou em contato para devolvê-lo.

3/12/2000: O maestro dos desenhos

Morre o compositor norte-americano Hoyt Curtin, desconhecido do grande público pelo nome, mas autor da trilha sonora e das canções de abertura da maioria dos desenhos animados da Hanna-Barbera, incluindo os Flintstones, Manda-Chuva, Jonny Quest, Jetsons, Josie e as Gatinhas, entre outros.

3/12/2014: Ultrapassando!

O aplicativo de streaming Spotify divulga que o artista mais ouvido em sua plataforma era o inglês Ed Sheeran, que teve suas músicas executadas mais de 860 milhões de vezes, ultrapassando veteranos como Eminem e Coldplay, que ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente. 

3/12/2015: Antes de subir ao palco

O cantor e compositor norte-americano Scott Weiland, ex-vocalista dos grupos Stone Temple Pilots e Velvet Revolver, teve um ataque cardíaco no ônibus de sua turnê um pouco antes de entrar no palco com sua nova banda, The Wildabouts, na cidade de Bloomington, nos EUA. Tinha 48 anos.

Parabéns

Os aniversariantes deste terceiro dia de dezembro incluem o senhor John Michael Osbourne, mais conhecido como Ozzy, o vocalista do Black Sabbath, que completa 70 anos nesta segunda (pois nasceu em 1948) e o falecido guitarrista dos Titãs Marcelo Fromer (nascido em 1961 e morto em 2001).

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais