Em 30 de abril de 1978, o festival Rock Against Racism reúne 100 mil pessoas em Londres
Especial

Em 30 de abril de 1978, o festival Rock Against Racism reúne 100 mil pessoas em Londres

0Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do Pinterest

Publicidade

Começou como uma provocação, mas, aos poucos, tornou-se uma necessidade. Depois de surgir como uma ideia prática de reunir artistas ingleses contra uma ascensão fascista em pleno coração do Reino Unido, o movimento Rock Against Racism conseguiu reunir quase 100 mil pessoas no dia 30 de abril 1978. Naquele dia, uma marcha entre a praça Trafalgar para a Zona Leste de Londres, na Inglaterra, culminou com um show realizado no Parque Victoria, com apresentações dos grupos Clash, Steel Pulse, X-Ray Spex, Tom Robinson Band, entre outros.

LEIA MAIS: Em 24 de dezembro de 1977, os Sex Pistols tocam pela última vez na Inglaterra em uma festa de Natal

VEJA TAMBÉM: Em 24 de abril de 1989, Tom Petty consegue lançar seu primeiro disco solo

A organização do movimento começou com o início da ascensão de um grupo político neo-nazista na Inglaterra, o National Front, que bradava contra a imigração de refugiados de outros países para a Inglaterra usando um slogan racista: "Mantenha a Inglaterra branca". O grupo formado pelos artistas e agitadores políticos Red Saunders, Roger Huddle, Jo Wreford, Pete Bruno, entre outros, se materializou com este nome, Rock Against Racism, ao enviar uma carta ao semanário "New Musical Express" criticando as declarações racistas de Eric Clapton em um show em 1976, em que o guitarrista reclamava que a Inglaterra estava se tornando "uma colônia negra" e que "eles deveriam ser mandados de volta para seus países", além de fazer o público entoar o slogan do National Front.

Palco do Rock Against Racism, em 1978 / Foto: Getty Images
Palco do Rock Against Racism, em 1978 / Foto: Getty Images

Além da carreira de Clapton ter surgido basicamente em cima de uma criação afro-americana — o blues elétrico dos Estados Unidos — a carta-protesto dos artistas ainda mencionava o fato de que o guitarrista havia acabado de regravar uma música de Bob Marley, "I Shot the Sheriff". "Vamos lá Eric... Encare a verdade. Metade de sua música é negra", lia-se na carta, "Quem atirou no xerife, Eric? Claro que não foi você". A carta encerrava com um chamado para a criação do movimento Rock Against Racism ("rock contra o racismo"), que recebeu centenas de respostas em adesão.

A declaração de Clapton — que, como sempre, saiu pela tangente, e disse que estava bêbado ou brincando — vinha em conjunto com outras manifestações de popstars ingleses, seja com o uso ultrajante da suástica nazista como provocação pelos punks ou por declarações de David Bowie sobre o fascismo e a estética nazista, dizendo que "Hitler foi o primeiro astro do rock". Essas declarações aos poucos faziam o National Front se tornar um partido visto como sério.

Nesse contexto, o Rock Against Racism começou a realizar pequenas apresentações ao vivo para divulgar suas ideias e acabou reunindo uma centena de milhares de pessoas. O som foi emprestado pelo Pink Floyd e a plateia comemorou a vinda de vários artistas, transformando o evento em um marco histórico na música inglesa.

Quem nasceu

1914 - Dorival Caymmi, cantor, compositor e pintor baiano (m. 2008)

1923 - Percy Heath, baixista de jazz norte-americano (m. 2005)

1925 - Johnny Horton, cantor norte-americano (m. 1925)

1948 - Wayne Kramer, guitarrista do grupo norte-americano MC5

1967 - Turbo B, nascido Durron Maurice Butler, vocalista do grupo norte-americano Snap!

1969 - Paulo Jr., baixista do grupo mineiro Sepultura

1981 - Justin Vernon, líder, vocalista e compositor do grupo norte-americano Bon Iver

1983 - Stevie Aiello, baixista do grupo norte-americano 30 Seconds to Mars

1992 - Travis Scott, cantor, compositor, rapper e produtor norte-americano

Quem morreu

1966 - Richard Farina, cantor, compositor e escritor norte-americano (n. 1937)

1982 - Lester Bangs, crítico musical norte-americano (n. 1948)

1983 - Muddy Waters, cantor e compositor norte-americano (n. 1913)

1999 - Darrell Sweet, baterista do grupo escocesa Nazareth (n. 1947)

2007 - Zola Taylor, vocalista do grupo norte-americano The Platters (n. 1938)

2014 - Larry Ramos, guitarrista dos grupos norte-americanos The New Christy Minstrels e The Association (n. 1942)

2015 - Ben E. King, cantor e compositor norte-americano (n. 1938)

2017 - Belchior, nascido Antonio Carlos Belchior, cantor e compositor cearense (n. 1946)

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest