Em 31 de janeiro de 2008, Britney Spears é internada depois de um ano trágico
Especial

Em 31 de janeiro de 2008, Britney Spears é internada depois de um ano trágico

É muito comum que artistas, sobretudo jovens, não consigam suportar a pressão da fama e do sucesso e acabem explodindo ou implodindo de diferentes maneiras. O colapso nervoso já destruiu carreiras inteiras ou fez talentos enormes sucumbirem à tensão psicológica por meio de drogas, velocidade, violência e outros excessos, mas é comum que estas situações só se tornem públicas quanto resultam em óbito, quase sempre abafadas ou minimizadas por assessores, amigos, familiares e pessoas mais próximas. A grande exceção a esta regra foi o colapso que Britney Spears sofreu no final da década passada, culminando com sua internação midiática no dia 31 de janeiro de 2008.

20 ANOS DE '...BABY ONE MORE TIME': A história por trás do sucesso de Britney Spears

Britney Spears sempre viveu sob os holofotes, desde criança quando fazia parte do "Clube do Mickey", programa infantil produzido há décadas pela Disney. Ela se tornou uma celebridade internacional com seu primeiro single, "Baby One More Time", em 1999, quando ela tinha apenas 18 anos. Ali ela foi transformada no ícone perfeito para a primeira década do novo século. Desde então, Britney viveu sob constante escrutínio da mídia, tendo sua vida transmitida por emissoras de TV, jornais sensacionalistas e o início da mídia online e das redes sociais, que praticamente não existiam antes de seu sucesso.

Até que, durante o ano de 2007, ela surtou em público, numa série de explosões que geraram comportamentos inusitados e fotos épicas. Muitas vezes, esses episódios envolviam seus dois filhos, namorados e família, enquanto a cantora era humilhada publicamente. O símbolo desta crise foi quando ela raspou a cabeça no início do ano, chamando mais atenção por seu comportamento fora do palco do que em frente às câmeras e microfones.

Até que no dia 31 de janeiro de 2008, depois de diversos incidentes, ela foi cercada pela própria família, que chamou a polícia para acompanhar a ambulância que a levaria para a ala psiquiátrica do hospital da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, nos EUA, causando um furor que transformou a situação em um show. No dia seguinte, seu pai foi declarado seu tutor e ela não era mais responsável pelos próprios atos. A revista "Rolling Stone" repassou a situação em sua capa no mês seguinte que trazia a manchete: "Britney Spears: Por dentro de uma tragédia americana".

Quem nasceu

1946 — Terry Kath, guitarrista da banda norte-americana Chicago

1948 — Joyce, cantora brasileira

1951 — Harry Wayne Casey, cantor do grupo norte-americano KC and the Sunshine Band

1951 — Phil Manzanera, guitarrista do grupo inglês Roxy Music

1956 — John Lydon, o Johnny Rotten, cantor e líder das bandas inglesas Sex Pistols e Public Image Ltd

1961 — Lloyd Cole, cantor inglês e líder do grupo Lloyd Cole and the Commotions

1966 — Al Jaworski, baixista do grupo inglês Jesus Jones

1967 — Chad Channing, primeiro baterista do grupo norte-americano Nirvana

1970 — Minnie Driver, atriz e cantora norte-americana

1981 — Justin Timberlake, cantor e compositor que fez parte do grupo norte-americano 'N Sync antes de sair em carreira solo

Quem morreu

1970 — Slim Harpo, blueseiro norte-americano (n. 1924)

1978 — Greg Herbert, saxofonista do grupo norte-americano Blood Sweat & Tears (n. 1947)

2017 — John Wetton, baixista de bandas inglesas como King Crimson, Roxy Music, Uriah Heep e Wishbone Ash (n. 1949)

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest