Em 31 de março de 1967, Jimi Hendrix incendeia sua guitarra pela primeira vez
Especial

Em 31 de março de 1967, Jimi Hendrix incendeia sua guitarra pela primeira vez

A carreira daquele novo guitarrista estava em plena ascensão. Nascido nos EUA, ele mudou-se para a Inglaterra onde, auxiliado por um novo empresário, deixou de ser apenas um exímio músico para se tornar um deus de seu instrumento. E o momento exato em que isso aconteceu foi no dia 31 de março de 1967, quando Jimi Hendrix ateou fogo em sua guitarra no palco pela primeira vez, no Astoria Theatre, em Londres.

Jimi Hendrix já tinha uma reputação no circuito de música negra nos EUA, tendo sido guitarrista em shows de artistas como Ike & Tina Turner, Sam Cooke, Wilson Pickett e Jackie Wilson, além de integrar a banda que acompanhava os Isley Brothers. Mudou-se para Nova York e foi descoberto pelo ex-baixista do grupo The Animals, Chas Chandler, que queria ser empresário de novos artistas. Chas ficou impressionado com o que viu no palco do Cafe Wha? e carregou Hendrix para Londres em setembro de 1966.

No segundo semestre daquele ano, Hendrix passou por uma verdadeira metamorfose. Assumiu o estilo psicodélico que dominava a cidade misturando com seu estilo funky, praticamente criando a moda hippie como um todo - roupas, cabelo, linguagem. Influenciado pelo ácido lisérgico que circulava na capital inglesa, passou a compor canções bem diferentes das que compunha como Jimmy James and the Blue Flames, sua própria banda quando ainda morava nos EUA.

Mas era no palco que Jimi - a grafia do nome também mudou com a chegada em Londres - se transformava. Seus solos de guitarra, seu jeito de cantar e a forma como tocava eram algo completamente novo para a cena inglesa da época, que ainda estava absorvendo a soul music da Motown e os velhos bluesmen da gravadora Chess, que faziam turnês pelo Reino Unido no início dos anos 1960. Mas Hendrix era algo novo, um fenômeno facilmente reconhecível.

E ele se esmerava em fazer sua marca valer nos palcos, colocando a guitarra entre as pernas, atrás da nuca, tocando-a com os dentes, até que Chandler teve uma ideia para transformar o lançamento de um novo single em um evento. Quando Hendrix tocasse "Fire" no final da apresentação no Astoria Theatre, ele atiraria a guitarra no palco enquanto o empresário jogava fluido de isqueiro a partir da coxia.

Hendrix acendeu um fósforo e fez sua guitarra pegar fogo como se fosse mágica, transformando aquele número em uma de suas principais performances no palco, que ele repetiria inúmeras vezes naquele mesmo ano, mesmo depois de ter queimado levemente as mãos nesta primeira vez - quando as chamas atingiram 1,5m de altura. A guitarra Fender Stratocaster carbonizada seria vendida num leilão beneficente em 2008, atingindo mais de US$ 500 mil.

Guitarra incendiada de Jimi Hendrix indo a leilão / Getty Images
Guitarra incendiada de Jimi Hendrix indo a leilão / Getty Images

Quem nasceu

1921 - Lowell Fulson, guitarrista norte-americano (m. 1999)

1933 - Anita Carter, cantora do grupo norte-americano The Carter Sisters (m. 1999)

1935 - Herb Alpert, músico, maestro e arranjador norte-americano

1944 - Mick Ralphs, guitarrista dos grupos ingleses Mott the Hoople e Bad Company

1946 - Al Nichol, guitarrista do grupo norte-americano The Turtles

1948 - Thijs Van Leer, vocalista e organista do grupo holandês Focus

1953 - Sean Hopper, tecladista do grupo norte-americano Huey Lewis & the News

1955 - Angus Young, guitarrista escocês do grupo australiano AC/DC

1958 - Pat McGlynn, guitarrista do grupo escocês Bay City Rollers

1974 - Stefan Olsdal, baixista da banda inglesa Placebo

1984 - Jack Antonoff, cantor e produtor norte-americano

1987 - Georg Listing, baixista do grupo alemão Tokio Hotel

Quem morreu

1986 - O'Kelly Isley, do grupo norte-americano The Isley Brothers (n. 1937)

1996 - Jeffrey Lee Pierce, guitarrista do grupo norte-americano Gun Club (n. 1958)

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest