Em 4 de março de 1989, a Time Inc. e a Warner Communications tornam-se a maior empresa de mídia do mundo
Especial

Em 4 de março de 1989, a Time Inc. e a Warner Communications tornam-se a maior empresa de mídia do mundo

0

Publicidade

O mundo do entretenimento foi paralisado no dia 4 de março de 1989, quando o jornal norte-americano “The New York Times” revelou que a editora Time Inc. e o grupo Warner Communications iriam se fundir numa mesma empresa chamada Time Warner, tornando-se automaticamente o maior grupo de mídia do mundo.  “Você tem uma empresa que é a maior editora de revistas do país, a gravadora mais rentável do mundo, uma entidade da TV a cabo que tem 5,5 milhões de assinantes, uma das maiores editoras de livros do mundo e o principal transmissor de programação a cabo do país”, disse um analista de mercado ao jornal. 

A Time Warner simbolizava uma nova era empresarial em que grandes companhias passavam a comprar outras empresas, criando conglomerados comerciais com diferentes áreas de atuação. A própria Time Warner anos mais tarde seria comprada pelo portal America Online e depois tornaria-se apenas Warner Media, um gigante na área do entretenimento. A Warner conta com marcas tão diferentes quanto os canais HBO e CNN, a editora DC e a revista "Mad", entre outros. O braço musical da empresa, a Warner Music, cresce como uma das principais gravadoras multinacionais no tempo em que as majors eram seis. Hoje, incluindo a compra que a Warner fez da inglesa EMI, resistem apenas três (ao lado da Sony e da Universal). 

Entre as outras gravadoras que a Warner Music adquiriu estão importantes selos como a Atlantic, a Stax, a Elektra, a Reprise, a MGM, a Asylum, a Sire, a Geffen, a Island, a PolyGram, a Continental, a Rhino, a Crysalis, a XL, a EMI e outras tantas menores, minúsculas, países afora. 

No catálogo de artistas, nomes gigantescos e variados como Madonna, Ray Charles, Dr. Dre, The Doors, Bob Marley, Radiohead, Hot Chip, Prince, Buzzcocks, Cars, Eagles, Joni Mitchell, Pretenders, Tim Buckley, Booker T & the MGs, Deep Purple, Ice T, Grateful Dead, Fleetwood Mac, Snoop Dogg, Roling Stones, Sam & Dave, Wilson Pickett, Otis Redding, Ben E. King, Love, Aretha Franklin, Ramones, Led Zeppelin, Cream, Talking Heads, Crosby Stills & Nash, Yes, Emerson, Lake & Palmer, Average White Band, Dr. John, King Crimson, Bette Midler, Roxy Music e Foreigner. Apenas.

Quem nasceu

1678 - Antonio Vivaldi, compositor italiano (m. 1741)

1925 - Paul Mauriat, maestro francês (m. 2006)

1925 - Inezita Barroso, cantora e apresentadora paulista (m. 2015)

1932 - Miriam Makeba, cantora, compositora e atriz sul-africana 

1936 - Eric Allandale, trombonista do grupo norte-americano The Foundations

1944 - Bobby Womack, cantor norte-americano (m. 2014)

1948 - Chris Squire, baixista do grupo inglês Yes (m. 2015)

1951 - Chris Rea, cantor, compositor e guitarrista inglês 

1953 - Emilio Estefan, cantor cubano da banda norte-americana Miami Sound Machine

1963 - Jason Newsted, baixista das bandas norte-americanas Flotsam and Jetsam, Metallica e Voivod

1967 - Evan Dando, líder da banda norte-americana The Lemonheads

1968 - Patsy Kensit, cantora e atriz inglesa 

1974 - Gabriel, o Pensador, rapper carioca

Quem morreu

1986 - Richard Manuel, pianista e cantor da banda canadense The Band (n. 1943)

1986 - Howard Greenfield, compositor norte-americano (n. 1936)

1992 - Mary Osborne, guitarrista de jazz (n. 1921)

2001 - Glenn Hughes, o motoqueiro do grupo norte-americano The Village People (n. 1950)

2004 - John McGeoch, guitarrista escocês que tocou com as bandas inglesas Magazine, PiL e Siouxsie and the Banshees (n. 1955)

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais