Em 5 de março de 1969, é lançada a revista ‘Creem’
Especial

Em 5 de março de 1969, é lançada a revista ‘Creem’

0

Publicidade

O jornalismo musical estava em ebulição no fim dos anos 1960. Enquanto os semanários ingleses começavam a ter uma leitura um pouco mais crítica do que simplesmente relatar lançamentos e comentar o mercado fonográfico, a contracultura norte-americana começava a gerar fanzines que conseguiam ir a fundo nas viagens dos artistas do auge da era hippie. Uma destas publicações chegou a atingir um público muito maior do que previa quando foi lançada no dia 5 de março de 1969, quando a primeira edição da revista “Creem” chegou para seus primeiros leitores.

Era um projeto quase amador capitaneado pelo norte-americano Barry Kramer, que era dono da livraria Mixed Media e da loja de discos Full Circle, ambas na cidade de Detroit. O primeiro editor da publicação era um dos balconistas das lojas de Kramer, Tony Reay, e um dos nomes mais importantes do jornalismo musical da década seguinte, Dave Marsch, começou a colaborar logo nas primeiras edições, com apenas 19 anos. O título da revista foi inspirado na banda de Eric Clapton, o Cream, mas um possível trocadilho do nome com uma expressão de cunho sexual acabou fazendo a revista ser distribuída em bancas de publicações pornô, o que ajudou em sua divulgação. Em dois anos, a “Creem” deixou de ser um compilado de folhas mimeografadas em preto e branco com distribuição local para se tornar uma revista colorida com papel especial e distribuição em todos os Estados Unidos. O logotipo foi criado pelo quadrinista Bob Wilson e o lendário Robert Crumb desenhou por US$ 50, o mascote da publicação, uma garrafa de leite que falava “boy howdy” (algo como “e aí cara?”, com sotaque da região de Detroit).

Tommy Bolin, guitarrista do Deep Purple, lê uma edição da 'Creem' no avião durante a turnê da banda pelo Japão em 1975 / Getty Images
Tommy Bolin, guitarrista do Deep Purple, lê uma edição da 'Creem' no avião durante a turnê da banda pelo Japão em 1975 / Getty Images

A revista passou às mãos do mítico jornalista Lester Bangs no início da década seguinte, depois que este foi expulso da “Rolling Stone” por falar mal dos artistas. Na mesma época, a redação saiu do centro de Detroit para uma casa em uma chácara nos arredores da cidade, onde parte da equipe também morava. Ser publicada fora dos principais centros comerciais da época fez a revista ganhar um ar distante dos hypes de Los Angeles e de Nova York, vendo tudo com um ponto de vista mais crítico e menos deslumbrado. Sua localização também permitia que se misturassem com artistas daquela região que não eram muito valorizados por outras publicações da época, como Alice Cooper, MC5, Kiss, os Stooges de Iggy Pop e o núcleo Parliament/Funkadelic liderado por George Clinton

A “Creem” também foi um dos berços do punk rock e da new wave — além de ter sido a publicação que batizou estes gêneros musicais com estes nomes —, e deu espaço para artistas que só foram reconhecidos anos mais tarde, como David Bowie, Roxy Music, Lou Reed, New York Dolls e Blondie, bem como nomes da década seguinte que só seriam reconhecidos anos depois, como R.E.M., Van Halen, Smiths, Motörhead, Replacements e The Cure. A “Creem” mudou sua redação para Los Angeles em 1987, pouco antes de fechar definitivamente suas portas.

Quem nasceu

1887 - Heitor Villa-Lobos, compositor carioca (m. 1959)

1909 - Patativa do Assaré, poeta e trovador cearense (m. 2002)

1952 - Alan Clark, tecladista do grupo inglês Dire Straits

1957 - Mark E. Smith, líder do grupo inglês The Fall (m. 2018)

1958 - Andy Gibb, vocalista do grupo australiano The Bee Gees (m. 1988)

1970 - John Frusciante, guitarrista da banda norte-americana Red Hot Chili Peppers 

1971 - Dinho, nascido Alecsander Alves, vocalista baiano da banda paulista Mamonas Assassinas (m. 1996).

Quem morreu

1982 - John Belushi, ator e vocalista da banda The Blues Brothers (n. 1949)

2004 - John McGeoch, guitarrista das bandas inglesas Magazine, Siouxsie and the Banshees e Public Image Ltd. (n. 1955)

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais