Em Liverpool, roteiro lado B para beatlemaníacos passa ao largo dos pontos de 'Yesterday' e foca em Stuart Sutcliffe
Heineken Rock

Em Liverpool, roteiro lado B para beatlemaníacos passa ao largo dos pontos de 'Yesterday' e foca em Stuart Sutcliffe

Stuart Sutcliffe (1940-1962), mítico integrante dos Beatles que não se consagrou oficialmente, foi o baixista original do grupo. Ele morreu em 10 de abril de 1962, aos 21 anos, vítima de um aneurisma. Sua história é contada em um dos principais filmes ficcionais baseados na história do quarteto, "Backbeat — Os Cinco Rapazes de Liverpool" (de 1994). Nascido em Edimburgo, na Escócia, em 23 de junho de 1940, ele mudou-se para Liverpool junto com a família quando criança. Lá, na juventude, ele estudou na faculdade de artes e conheceu John Lennon. Foram os dois, bons fãs da banda do pioneiro do rock Buddy Holly (The Crickets, "Os Grilos"), que adotaram o nome inicial Beetles ("Besouros") para fazer um som.

Anualmente, grupos de turistas de todos os cantos do mundo viajam até Liverpool para curtir um festival de uma semana em homenagem aos Beatles, Beatleweek, realizado nos últimos sete dias de agosto.

Durante esse período, muitas pessoas vão visitar os principais pontos turísticos atribuídos aos Beatles, a maior parte deles, mostrados no recente filme "Yesterday" — a Penny Lane, o Strawberry Fields, o Cavern Club... — que ficam, obviamente, lotados. Poucas pessoas, no entanto, reconstroem os passos do ex-baixista da banda. Um passeio totalmente lado B e, consequentemente, bem mais tranquilo e vazio. Porém fascinante para quem realmente é obcecado pela história dos Beatles.

O jornal local "Liverpool Echo" deu o caminho das pedras para quem quiser encarar um tour baseado em Stu Sutcliffe. A primeira parada é visitar a lápide do músico, localizada no cemitério Huyton Parish Church, na Derby Road. Outra ponto obrigatório é o Liverpool School Of Art & Design, onde Stu conheceu John Lennon — e, de certa forma, onde tudo realmente começou.

Stuart Sutcliffe e os Beatles tocando no Top Ten Club, na Alemanha, durante os anos 1960/Getty Images
Stuart Sutcliffe e os Beatles tocando no Top Ten Club, na Alemanha, durante os anos 1960/Getty Images

Quando se mudou para Liverpool, Stu e sua família foram morar na cidade de Huyton, que faz parte da área urbana de Liverpool. Um dos endereços onde o músico viveu hoje é o Sefton Park Hotel — ou seja, é possível se hospedar no local onde morou um beatle. Outros endereços onde a família Sutcliffe viveu foram no número 17 da Sedberg Grove, no número 43 da St Anne's Road e, finalmente, no número 22 da Sandiway.

Sefton Park Hotel: é possível se hospedar em um dos endereços onde morou Stu Sutcliffe
Sefton Park Hotel: é possível se hospedar em um dos endereços onde morou Stu Sutcliffe

Entre 1946 e 1950, Stu frequentou a Parkview Primary, uma escola primária em Huyton. Depois, o artista se transferiu para a Prescot Grammar School, onde estudou de 1951 a 1956. A St Gabriel's Church é outra parada interessante para aprender um pouco sobre a vida de Stu. Sua família frequentava missas nesta igreja, e ele chegou a cantar no coral da paróquia quando tinha 9 anos. Mas o endereço mais famoso vinculado a Stu entre os beatlemaníacos é 3 Gambier Terrace, bela rua de casas do século XIX, onde Stu morava com outra colega do curso de artes, Margaret Chapman, e acolheu Lennon em 1960.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest