Empresa investe em playlist com canções de Bob Marley para relaxar cães
Criatividade

Empresa investe em playlist com canções de Bob Marley para relaxar cães

0

Publicidade

Os empresários Amman Ahmed e Ricardo Henriquez criaram, em 2011, a Relax My Dog, produtora destinada a criar playlists para acalmar cães em diversas ocasiões. Uma delas, por exemplo, é perfeita para a temporada de Réveillon, quando os bichinhos ficam super agitados por conta dos fogos de artifício. Para contornar o problema, eles investiram na música — uma das playlists tem 12 horas de Bob Marley! —, em vez de medicamentos para controlar a ansiedade e nervosismo dos pets. 

LEIA MAIS: Materiais recicláveis viram instrumentos musicais para inclusão de pessoas com deficiência

E TAMBÉM: Partituras clássicas de Beethoven, Mozart e Bach ganham vida em animações

"Começamos o negócio com apenas dois funcionários, e agora temos uma equipe de 12 pessoas alocadas em Manchester, no Reino Unido, em El Salvador e na Índia. Nossa audiência é global. Neste ano, nós alcançaremos um público de cerca de 15 milhões de pets", explicou Ahmed.

A fórmula do sucesso para criar uma boa playlist que acalme os animais de estimação é simples: "É uma combinação de frequências que apenas os cães conseguem ouvir, com músicas feitas para relaxar os humanos. Se um humano fica relaxado com uma canção, ela também pode ser usada para os cães", descreveu o empresário. 

Segundo a empresa, os cães têm reagido muito bem às playlists criadas apenas com reggae. Um estudo de 2017, feito por pesquisadores da Universidade de Glasgow, revelou que, de fato, os animais ficam mais calmos ao som do ritmo natural da Jamaica. Eles descobriram que, inicialmente, a música clássica acalma os animais, mas rapidamente se torna maçante para eles. Já com o reggae e o rock é diferente: reduz o estresse, a quantidade de latidos e de batimentos cardíacos.

Além da Relax My Dog, também existe, desde 2012, a Relax My Cat. Ahmed contou, em entrevista ao "Guardian", que a fidelidade dos clientes é tanta, que, por vezes, surgem pedidos um pouco inusitados. "Recebemos mensagens de proprietários dizendo que seu animal costumava ouvir nossas playlists e que querem reproduzi-la no funeral dos bichinhos quando eles morrerem", disse o empresário. 

Publicidade

Background

Relacionados

Canais Especiais