Entenda a polêmica entre o jogo 'Fortnite' e os direitos autorais de passos de dança
Entretenimento

Entenda a polêmica entre o jogo 'Fortnite' e os direitos autorais de passos de dança

Quatro pessoas diferentes estão processando a Epic Games, desenvolvedora do "Fortnite", por utilizar seus passos de dança no game sem permissão prévia. São elas: o ator Alfonso Ribeiro, famoso por interpretar Carlton na série "Um Maluco no Pedaço", o rapper 2 Milly, Russelll Horning, o garoto de 16 anos conhecido pelo meme "Backpack Kid", e sua mãe, Anita Redd.

Segundo Mark Jaffe, especialista em direitos autorais entrevistado pela "Billboard", há uma lei americana que se aplica ao copyright coreográfico. "Uma série de movimentos de dança originais é protegida por direitos autorais. O que é menos comum é que haja processos por conta disso", disse ele.

É interessante notar que, apenas neste ano, o "Fortnite" faturou mais de US$ 1 bilhão, como informou a "Forbes". Se cada uma das quatro partes vencer seus respectivos processos, ou se algum acordo for feito, uma parcela desse montante será destinado a elas.

Alfonso Ribeiro, criador da coreografia que ficou conhecida como "The Carlton", também está movendo uma ação contra a desenvolvedora do game "NBA 2K", a 2K Sports. Ele alega, assim como as outras partes envolvidas nos processos de direitos autorais, que os criadores dos jogos utilizaram seus passos sem pedir permissão e ainda lucraram com isso.

O especialista adverte que, apesar da existência de leis específicas para direitos autorais de coreografias, existem algumas regras que podem atrapalhar os processos. Por exemplo: Não há como criar um copyright para coreografias curtas e pouco complexas. A pergunta que fica é: como o juiz irá categorizar quais danças são simples ou não? Tratando-se de arte e expressão corporal, tudo é subjetivo, portanto, mais difícil de classificar.

Outro desafio é comprovar que os criadores dos passos de dança foram realmente os primeiros a executá-los, o que é igualmente complicado. Ou seja, o jeito é esperar para sair a sentença.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest