Entre baianos: Pepeu Gomes indica o som indie da Vivendo do Ócio
Especial

Entre baianos: Pepeu Gomes indica o som indie da Vivendo do Ócio

Publicidade

Pepeu Gomes buscou nas raízes baianas sua escolha pessoal para o Eles Indicam. Soteropolitano, encontrou nos rapazes da Vivendo do Ócio a “personificação daquele espírito jovem, de garagem”, como ele mesmo diz, em entrevista ao Reverb. Formada por Jajá Cardoso, Luca Bori, Davide Bori e Dieguito Reis, a banda está na estrada já há 10 anos. Nas redes sociais, acumulam milhões de visualizações com um som indie, influenciado pelo rock britânico, sem perder a brasilidade. 

LEIA MAIS: Para Silva, a voz de Illy é uma das melhores do Brasil

DE RAPPER PARA RAPPER: Projota indica Choice

“O modo como eles colocam uma energia nova nas canções e conseguem conectar com um público muito jovem fez com que eu ficasse de olho no trabalho deles de perto”, conta Pepeu. Impressionado com o talento dos músicos, o cantor dos Novos Baianos não ficou parado e bebeu na fonte do Ócio para ajudar na construção de seu mais recente trabalho, “Eterno Retorno”. “Trouxe essa energia deles para o meu último disco, com uma letra feita em parceria com eles na música ‘Amor em Construção’”, diz.

O ano de Pepeu começa agitado. Na primeira semana de janeiro, o cantor lançou “Eterno Retorno”, primeiro trabalho com inéditas em 25 anos, com uma série de shows em São Paulo. A faixa em parceria com a Vivendo do Ócio é a segunda colaboração entre os dois. Pepeu também participou de um álbum da Vivendo do Ócio, “Selva Mundo”. Lançado em 2015, o trabalho foi produzido de forma 100% independente.

Publicidade

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest