Escutar canções de yoga antes de dormir pode prevenir ataques cardíacos fatais
Tecnologia

Escutar canções de yoga antes de dormir pode prevenir ataques cardíacos fatais

Talvez você não saiba, mas aquela playlist que você usa para meditar faz bem para o seu coração. Literalmente. Segundo pesquisa realizada pelo cardiologista Naresh Sen, do Sunil Memorial Superspeciality Hospital, sediado na cidade indiana de Jaipur, ouvir canções tranquilas antes de se deitar aumenta a variabilidade da frequência cardíaca (o tempo entre uma batida e outra), o que influencia na diminuição do risco de ataques fatais ao coração.

Essa habilidade do órgão é importante por indicar a capacidade de mudar a velocidade de bombeamento do sangue em situações de perigo ou de relaxamento, quando é necessária uma resposta rápida do corpo. Se essa resposta for lenta, o risco de ataque cardíaco pode aumentar em 45%.

Para realização da pesquisa, 149 pessoas saudáveis, com idade média de 26 anos, foram expostas a diferentes sons em três noites, pouco antes de irem dormir. Alguns dos participantes escutaram melodias de yoga, enquanto outros ouviram músicas pop e o restante ficou em silêncio.

As canções de yoga são capazes de reduzir os níveis de ansiedade e de aumentar a positividade

As pessoas que ouviram melodias de yoga apresentaram aumento da variabilidade da frequência cardíaca, reduzida em quem ouviu música pop e sem mudanças em quem permaneceu em silêncio.

“A ciência pode nem sempre ter concordado, mas os indianos há muito tempo acreditam no poder de terapias além dos medicamentos como modo de tratar doenças”, disse o Dr. Sen. “Ouvir música tranquila antes de dormir é uma terapia barata e fácil de implementar, além de não causar danos”.

O estudo também mostrou que as canções de yoga são capazes de reduzir os níveis de ansiedade e de aumentar a positividade, ao contrário das músicas pop e do silêncio.

De qualquer maneira, Dr. Sen salienta que a música não pode substituir o uso de medicação. “Este é um pequeno estudo e mais pesquisas são necessárias sobre os efeitos cardiovasculares das intervenções musicais oferecidas por musicoterapeutas treinados”.

Os resultados foram apresentados em agosto no congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, em Munique, na Alemanha.

As informações são do “Daily Mail”.

Canais de Marcas

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest