‘Eu Fico Em Casa’: portugueses celebram sucesso de festival online: ‘Muita vontade de ultrapassar esta fase difícil’
Coronavírus

‘Eu Fico Em Casa’: portugueses celebram sucesso de festival online: ‘Muita vontade de ultrapassar esta fase difícil’

A pandemia de coronavírus continua colocando de quarentena voluntária milhões de pessoas ao redor do mundo. Mas, para quebrar as barreiras impostas pelo Covid-19, desde a última terça-feira, artistas portugueses têm se conectado às redes sociais para participar de um festival online, o “Eu Fico Em Casa”. “Ao todo, esta transmissão foi vista por mais de 80 mil pessoas, ao vivo e depois. São dois estádios cheios de gente unida com muita vontade de ultrapassar esta fase difícil”, escreveu David Fonseca, um dos grandes nomes do rock português, depois de sua apresentação.

A cantora de jazz Elisa Rodrigues admitiu que a experiência foi um tanto quanto esquisita, mas reconfortante em tempos tão difíceis. “Feito! Foi tão estranho, mas espero que tenha sido tão bom para vocês quanto foi para mim! Obrigada!”, publicou, em sua conta no Instagram.

Instagram URL not provided

Quem também se emocionou com o show online, foi Filipe Rodrigues, artista consagrado no pop e R&B lusitanos. “Acredito que a música nos pode unir. Acredito também, que nos pode trazer amor, alegria e esperança, que tanto precisamos. Como diz o Bono: ‘a música pode mudar o mundo, porque pode mudar as pessoas’”, refletiu.

O DJ português Branko, apelido de João Barbosa, brincou com o fato de ter feito uma performance especial dentro de seu lar — até mesmo “visitantes” de outros países. “Não esperava receber tanta gente em minha casa! Obrigado a todos os que se juntaram à viagem intercontinental de ontem à noite.”

Instagram URL not provided

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest