'Fake' Ocean? Canções falsamente atribuídas a Frank Ocean são realmente boas
Entretenimento

'Fake' Ocean? Canções falsamente atribuídas a Frank Ocean são realmente boas

"Blonde", último disco lançado por Frank Ocean, é de agosto de 2016. Ou seja, há quase três anos estamos órfãos de novos trabalhos de estúdio do músico, que veio ao Rio de Janeiro e não deu satisfação para ninguém. Isso não quer dizer, no entanto, que os fãs do cantor estão aí, de bobeira, esperando ele divulgar algo novo. Cansados do hiato criativo, eles próprios arregaçaram as mangas e botaram na pista músicas de Frank, mas que, na verdade, não são dele. Ahn? É isso mesmo. Há, nas redes sociais, um monte de faixas falsamente atribuídas a Frank Ocean. E embora isso seja eticamente questionável, há uma questão aí: muitas delas são bem boas.

Uma das faixas divulgadas no YouTube, "My Weekend", uma espécie de feat. entre Frank e a cantora SZA, é claramente uma montagem, apesar de a ideia da colaboração entre os dois ser bastante convidativa. Já outra, intitulada "Toxic", é uma baladinha bem ao estilo "Sierra Leone", do disco "chanel: ORANGE" (2012). Só não é dele.

Graças ao algoritmo do YouTube, foi possível descobrir que, na verdade, a faixa é uma versão adulterada do single "Numb", de Jay Wile. Como a voz do cantor parece abafada, dá a impressão de ser uma demo de Frank Ocean. Mas nem é. A mesma coisa aconteceu com uma canção "nova" de Frank chamada "Undecided". Ela, na verdade, é a canção "Juno" de um artista chamado Choker.

Abaixo, ouça as canções e veja se você seria tapeado ou não pelas versões fake:

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest