Fãs recriam shows a partir de vídeos amadores feitos pelo público
Criatividade

Fãs recriam shows a partir de vídeos amadores feitos pelo público

Há quem critique o hábito de filmar e fotografar shows: de fato, às vezes os celulares e câmeras amadoras em punho podem atrapalhar a experiência de quem quer só curtir seu artista favorito numa boa. Mas há quem faça muito bom uso desse material, que nem sempre se perde nos Stories da vida. Por meio da iniciativa e colaboração de fãs de todo o mundo, shows completos estão sendo “reconstruídos” a partir de vídeos gravados pelo próprio público - numa espécie de registro afetivo.

THE NATIONAL

“Queria oferecer uma forma de reviver a experiência para quem esteve no show”, diz a editora de conteúdo Larissa Andrioli, de 27 anos, em entrevista ao Reverb. É ela quem comanda a mobilização para remontar o show que a banda fez no Rio de Janeiro, em março deste ano, com a ajuda de fãs do Brasil inteiro, recrutados pelas redes sociais.

“Acho importante a gente ter esses registros, faz bem para os fãs”, conta a mineira, que esperou sete anos para ver a banda do coração ao vivo. Larissa fez a edição do projeto sozinha e diz não ter se preocupado com a qualidade dos vídeos, mas sim em juntar uma boa quantidade: conseguiu mais de 250 clipes. “Tentei usar vídeos de celular gravados na vertical e com o máximo de ângulos diferentes para que as pessoas revissem o show pela visão de vários lugares”.

O projeto foi batizado de “Where Will We Be” em alusão a um verso de “Day I Die” (que significa “onde estaremos?”, em português). “Se alguém me perguntar onde todos nós que estávamos no show vamos estar no futuro, eu não faço a mínima ideia; mas eu e essas pessoas temos em comum a memória de que no dia 22 de março de 2018 nós estávamos lá”, Larissa explica.

U2

Os quatro shows que o U2 fez em São Paulo ano passado, na turnê comemorativa do álbum “The Joshua Tree”, viraram um DVD colaborativo, editado a partir dos registros de mais de 400 fãs. Os responsáveis pela reunião e montagem da coletânea de vídeos são membros do “U2 Brasil”, portal dedicado à banda irlandesa.

Junto da equipe do site, o estudante Paulo Vetri, de 27 anos, analisou todo o material audiovisual enviado para o e-mail da equipe em busca de trechos que completassem o que eles mesmos haviam captado. “Era preciso tomar extremo cuidado para que tudo parecesse a mesma coisa, do mesmo dia; esse processo durou meses”.

Além disso, a equipe do “U2 Brasil” também produziu um documentário sobre a turnê e lançou o projeto completo no YouTube e como arquivo de DVD - com direito a menus e capítulos.

RADIOHEAD

Em 2009, o Radiohead esteve pela primeira vez no Brasil durante a turnê do disco “In Rainbows” e, mesmo com câmeras e smartphones muito mais simples do que os atuais, diversos fãs registraram vídeos dos shows realizados em São Paulo e no Rio de Janeiro. Assim surgiu o “Projeto Rain Down”, que remontou em áudio e vídeo a experiência das apresentações da banda.

Segundo o desenvolvedor Andrews Ferreira Guedis, de 31 anos, líder do projeto, o “Rain Down” começou a ganhar vida depois que ele juntou pedaços de vídeos da música “Paranoid Android” encontrados na internet e divulgou o resultado em uma comunidade de fãs de Radiohead no extinto Orkut. “Muitas pessoas me agradeceram e pediram pelo show completo”, conta ele, sobre a única vinda da banda ao Brasil até este ano, quando eles se apresentaram em São Paulo.

Para ajudar Andrews, outros fãs se encarregaram de selecionar, editar, sincronizar e divulgar o material com ele. O projeto demorou meses para ficar pronto, mas em compensação foi um dos pioneiros de crowdsourcing - iniciativas que funcionam a partir da colaboração de muitas pessoas pela internet - no Brasil e já virou até objeto de estudo acadêmico.

MUSE

“A iniciativa nasceu de uma parceria com os fãs do U2, para quem o Muse abriu três shows em São Paulo, em 2011”, explica o mesmo Andrews ali de cima, também responsável por esse projeto. Os olhares do público, de vários ângulos, possibilitaram a coletânea multicâmera dos shows, com todos os colaboradores creditados no DVD disponível para download gratuito.

Relacionados

Canais Especiais

Ícone do FacebookÍcone do TwitterÍcone do InstagramÍcone do YoutubeÍcone do DeezerÍcone do SpotifyÍcone do Pinterest